RCB/TuneIn
segunda, 06 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
BANDA DO PAUL EM LISBOA
Rádio Cova da Beira
Pela segunda vez, a Banda Filarmónica do Paul, marcou presença na nona edição do Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas, que teve lugar na Avenida da Liberdade em Lisboa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, inserido nas comemorações do 1º Dezembro.
Por Paulo Pinheiro em 02 d Dec d 2022

A emblemática Avenida da Liberdade, em Lisboa, foi palco para o desfile  de 26 entidades, integrando um grupo de percussão, um grupo coral, uma banda nacional (GNR) e 23 bandas filarmónicas civis, totalizando cerca de 1.500 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país, que  desceram a Avenida da Liberdade para celebrar Portugal, a Independência Nacional e a Restauração, através "de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante ação formativa e cívica das bandas filarmónicas", sublinha em comunicado a Banda Paulense. No evento, o distrito de Castelo Branco registou a maior representação com a participação de quatro a bandas e um orfeão a saber: Banda Retaxenxe; Banda da Covilhã; Banda do Paul e Banda Pedoguense e Orfeão da Covilhã que teve a responsabilidade de cantar o hino nacional na integra em conjunto com as bandas num simultâneo na Praça dos Restauradores, dirigido pelo maestro da Banda Sinfónica da GNR.

Antes  do hino nacional  e da interpretação dos hinos Maria da Fonte e  Restauração em  conjunto pelas bandas, tempo para o discurso do presidente da Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que  apelou ao rigor e exigência “ neste magnifico desfile  que é  a mais forte iniciativa popular de celebração do 1.º de Dezembro e um grande acontecimento cultural nacional, que reflete a riqueza extraordinária das bandas – autênticos Conservatórios populares – e o seu amor a Portugal vimos qualidade,  rigor e exigência, que todos vós devem ter presentes nas vossas vidas, sendo uma mensagem que devem levar  também para as vossas terras”,  frisou José Ribeiro e Castro.

Com a organização e envolvimento da Sociedade Histórica e com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, através da EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, o 9º Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas deu continuidade a esta iniciativa que teve início   em 2012 e que tem vindo a registar assinalável êxito, tal como aconteceu neste ano de retoma do ato principal da tarde, integrado nas comemorações nacionais da efeméride.

Quanto à participação da Banda Filarmónica do Paul,  "foi uma jornada  de festa e   confraternização, para além de uma experiência enriquecedora para os seus jovens instrumentistas que  tiveram a oportunidade de descer a  Avenida da Liberdade a desfilar  com garbo e a tocar a Ribeirinha, para depois  em conjunto com cerca 1500  colegas seus tocarem os hinos  já referidos, materializando um momento sonoro  de grande impacto e  até emotivo, quebrado momentaneamente por uma manifestação que passou pela Praça dos Restauradores" frisa a Filarmónica do Paul.

Visivelmente satisfeitos os instrumentistas da Banda do Paul, já com a cerimónia oficial terminada quiseram ainda tocar os parabéns à sua congénere da Covilhã a comemorar 152 anos e subir a Avenida da Liberdade até ao autocarro que os transportou tocando “Paul Ó Minha Terra”, uma das mais   carismáticas canções paulenses.


 

.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados