RCB/TuneIn
terça, 07 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
AUMENTOU A SINISTRALIDADE NO FUNDÃO E EM PENAMACOR
Rádio Cova da Beira
De 1 de janeiro a 31 de outubro, registaram-se nas estradas dos concelhos de Fundão e Penamacor, 342 acidentes, de que resultaram duas vítimas mortais, oito feridos graves e 68 feridos leves. Os números foram deixados pelo comandante do destacamento da GNR de Fundão e Penamacor, em entrevista à RCB.
Por Paula Brito Batista em 02 d Dec d 2022

Segundo David Canarias, este aumento, de cerca de 7% da sinistralidade, está relacionado com o regresso à normalidade, depois da pandemia.

 

“Este voltar à rotina, voltar à normalidade, podem ter ocorrido alguns descuidos, alguns excessos, e houve um ligeiro aumento de cerca de 7% de acidentes, ou seja, no ano 2022 foram registados 342 acidentes nas vias dos concelhos do Fundão e de Penamacor. No ano 2022 temos a lamentar duas vítimas mortais, que ocorrerem em Estradas Nacionais, em dois acidentes similares, em despistes rodoviários.”

 

Na origem dos acidentes está, maioritariamente, a distração, “a maior causa identificada é mesmo os descuidos, a distração, seja devido ao telemóvel, seja falta de atenção, além destes, também foram identificadas manobras irregulares, velocidade excessiva, o desrespeito pela distância de segurança e a condução sob o efeito do álcool.”

 

Em entrevista à RCB, David Canarias destaca ainda o elevado número de atropelamentos, nos primeiros 10 meses do ano, “foram registados 13 feridos em atropelamentos nas estradas do concelho em que ocorreu também um ferido grave.” Os atropelamentos ocorrem, “principalmente nas vias urbanas, em concreto na cidade do Fundão”. O comandante do destacamento da GNR pede cuidado redobrado a peões e a condutores.

 

Relativamente à fiscalização, as multas de estacionamento ocupam o topo da lista, apesar de serem as menos graves, mas David Canarias destaca outras três situações, “nomeadamente, a condução sob o efeito do álcool, a não utilização de cinto e sistema de retenção para crianças e a utilização de telemóvel durante a condução, este tipo de situações, a seguir ao estacionamento, foram as que mais se verificaram em termos de infrações rodoviárias.” 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados