RCB/TuneIn
terça, 07 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PENAMACOR VILA MADEIRO REGRESSA EM PLENO
Rádio Cova da Beira
A inauguração da rede de percursos pedestre do concelho e um colóquio sobre o mel da Malcata, são dois dos momentos do programa do Penamacor Vila Madeiro que, este ano, está de regresso em pleno, com tasquinhas, venda de produtos locais, animação e tradição.
Por Paula Brito Batista em 28 d Nov d 2022

O programa começa no dia 7 de dezembro, às 16h, com a abertura oficial do evento que se prolonga pelos fins de semana de dezembro com o mercado de Natal, tasquinhas, espaço infantil, animação itinerante, fóruns, colóquios, feira do livro, showcooking, passeios pedestres e equestres, concertos e workshops.

 

O presidente da câmara municipal de Penamacor, António Beites, destaca dois momentos do programa. O primeiro, a inauguração da rede de percursos pedestres do município.

 

“Vamos ter dois percursos pedestres da rede de percursos pedestres, que, entretanto, instalámos no município, e que vamos oficialmente inaugurar, em dois domingos, dois passeios, não é possível percorrê-los todos, mas divulgaremos todos.”

 

O autarca destaca ainda a realização de um colóquio sobre o mel da Malcata, “aqui, friso esta pretensão que temos no âmbito do processo da Cogestão da Malcata, criarmos aqui uma DOP alusiva ao mel da Malcata, trata-se de um produto genuíno, com grandes qualidades e benefícios para a saúde”.

 

A chegada do Madeiro à vila, no dia 8, e a noite de 23, em que o madeiro é deitado a arder, são os pontos altos do evento que está de regresso em pleno, depois de não ter sido possível realizar-se nos últimos dois anos, devido à pandemia. António Beites espera que dezembro “seja um mês em que a vila de Penamacor possa ser invadida por visitantes e turistas e se volte a ter um estímulo na atividade económica, na restauração, no alojamento, no artesanato e nas valências dos nossos produtos agroalimentares.”

 

Entretanto, a câmara municipal continua a trabalhar, com a Direção Regional de Cultura do Centro, o processo de classificação do maior madeiro de Portugal. António Beites diz que o município tem “a maioria do trabalho de casa feito”, e que o objetivo é elevar esta candidatura a outro patamar, “dos levantamentos que temos feito dos usos e costumes em torno do madeiro, não só em Penamacor, mas em todas as freguesias do concelho e freguesias limítrofes de outros concelhos.”

 

O maior madeiro de Portugal é a alavanca da candidatura que pretende classificar os usos e costumes associados ao madeiro e à época natalícia no território de Penamacor e concelhos limítrofes de Idanha a Nova, Sabugal e Fundão. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados