RCB/TuneIn
terça, 07 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
BRUNO AUGUSTO ESCREVE CARTA AOS S√ďCIOS
Rádio Cova da Beira
O presidente da direcção do rancho folclórico da Boidobra enviou uma carta aberta a todos os sócios da associação onde expressa a sua preocupação pela ausência de listas candidatas aos órgãos sociais. O acto eleitoral está agendado para o próximo dia quatro de Novembro.
Por Nuno Miguel em 28 d Oct d 2022
Depois de uma primeira assembleia geral, em que o acto eleitoral foi reagendado devido à ausência de listas, Bruno Augusto lamenta que nessa reunião magna “tenham estado presentes apenas nove associados, dos quais cinco são actuais dirigentes”. Uma situação que o presidente do rancho não considera “aceitável” e onde “se decidia o futuro de uma associação organizada, reconhecida, dinâmica e bem financeiramente”. 
O líder da associação acrescenta que vários elementos da direcção “convidaram vários sócios para a apresentação de uma lista” nas eleições que estavam marcadas para o dia 21 de Outubro mas “tais tentativas saíram frustradas”, decidiu não apresentar a recandidatura ao cargo para o próximo biénio. 
Nesta carta aberta, Bruno Augusto afirma que a associação “não merece passar por esta fase conturbada e é chegado o momento de todos aqueles enchem o peito para expressar sentimentos pelo rancho e que criticam fora do local apropriado se cheguem à frente”, sublinhando que os actuais dirigentes não estão “agarrados ao lugar”, considerando “desmotivante e até vergonhosa” a participação na última assembleia num universo de 240 associados. 
De acordo com os estatutos, caso não apareça nenhuma lista, vai ser nomeada uma comissão administrativa. Se essa proposta não for aprovada, devem ser marcadas assembleias gerais consecutivas até à realização das eleições. 
Bruno Augusto termina a missiva dizendo que espera “daqui a uns dias que não me oiçam dizer que a maioria dos sócios não merecem esta associação, que a Boidobra não merece o esforço, a dedicação, as noites sem dormir de todos os dirigentes que passaram por cá, para fazer desta associação o que ela hoje representa, abdicando e prejudicando muita das vezes da sua vida pessoal, profissional e sobretudo familiar”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados