RCB/TuneIn
segunda, 06 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
MINISTRA INAUGURA MUSEU DA COVILHÃ
Rádio Cova da Beira
A ministra da cultura, Graça Fonseca, vai presidir no próximo dia 29 de Junho à cerimónia de inauguração do museu da Covilhã. A estrutura vai ficar localizada nas instalações do antigo edifício “Arte e Cultura”, que foi alvo de trabalhos de requalificação no valor de 200 mil euros.
Por Nuno Miguel em 27 d Jun d 2021
De acordo com a autarquia covilhanense a intervenção realizada permitiu resolver “um conjunto de problemas estruturais do edifício, tais como infiltrações ou dificuldades ao nível da acessibilidade. O centro histórico da Covilhã volta assim a contar com este espaço museológico que tem como grande objectivo conhecer e compreender melhor o passado do concelho da Covilhã”.
Neste espaço expositivo vão estar representadas todas as épocas de ocupação do território, fomentando ainda uma reflexão sobre a actualidade e o futuro. O museu pretende ser “um instrumento divulgativo e lúdico que, utilizando recursos variados, acessíveis e inclusivos, ensine a história da Covilhã à diversidade da população visitante – locais e turistas, pessoas com diversas condições físicas e psíquicas, de diferentes idades”. 
O espaço apresenta uma organização cronológica dos conteúdos, distribuídos da seguinte forma: da Pré-história à Romanização (piso 3), Idade Média e Moderna (piso 2), Época Contemporânea (piso 1) e uma visão global da história da cidade e uma reflexão sobre o futuro, com recurso a interativos (piso 0). O percurso expositivo é de tipologia fechada, começando no piso 3 e descendo até o piso 0; todavia, o piso 0 poderá funcionar autonomamente com visitação livre, servindo de ponto de partida para grupos e visitas guiadas na cidade. O piso -1 pode ser utilizado como espaço multiusos, capacitado para acolher exposições temporárias, palestras ou concertos, entre outras atividades. 
As peças museológicas em exposição pertencem ao espólio da cidade ou são cedidas por terceiros. O discurso expositivo articula-se por meio de peças e objectos e de outros recursos como textos, fotografias, ilustrações, maquetes, cenografias, audiovisuais, interativos acessíveis, textos em braille, réplicas e imagens tácteis, áudio-descrição, legendagem e interpretação em língua-gestual. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados