RCB/TuneIn
Domingo, 01 Ago 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UNIDADE DE MEDICINA NUCLEAR PRONTA EM UM ANO
Rádio Cova da Beira
Dentro de um ano já será possível realizar exames na Unidade de Medicina Nuclear, cujas obras “estão muitíssimo avançadas”, no edifício do antigo Hospital do Fundão. O ponto de situação do projeto foi feito à RCB por Paulo Fernandes, presidente da câmara do Fundão.
Por Paula Brito em 24 de Jun de 2021

“A parte das obras físicas estão muitíssimo avançadas, estamos a entrar na parte do Avac, e, na componente dos equipamentos, já estabilizámos o caderno de encargos. Estamos, neste momento, a preparar com o Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira o lançamento dos concursos públicos associados à compra dos equipamentos. Significa que, entre o final deste ano e o princípio do próximo ano, o Centro estará totalmente equipado e depois, imagino que começarão os testes na área da saúde para uma abertura ao público. Gostaria que daqui a um ano pudesse estar totalmente aberto.” 

 


Recorde-se que o município está a assegurar todos os custos desta Unidade de Medicina Nuclear que irá preencher uma lacuna que existe nesta região, da Beira Interior ao Alto Alentejo. O autarca fundanense adianta alguns dos exames que ali podem ser realizados.


“São exames de diferentes índoles, mas, para facilitar a vida, são exames que hoje são muito relevantes para a deteção precoce na área oncológica. Mas, por exemplo, para pessoas que também tenham problemas de coração, que infelizmente são muitos doentes crónicos, as cintigrafias que é hoje um exame muito recorrente, mas que os nossos concidadãos da região ampla da Beira Interior e Alto Alentejo, tinham de se deslocar a Lisboa ou a Coimbra.”

 


Para já a Unidade de Medicina Nuclear ira atuar apenas na vertente de diagnóstico, mas o espaço está preparado para a segunda fase.

 

“Numa primeira fase só serviço de diagnóstico, mas nós estamos a preparar algumas das infraestruturas deste centro para, facilmente, se avançar no futuro para uma área de tratamento.”


A Unidade de Medicina Nuclear começa a ganhar forma no antigo hospital do Fundão onde, dentro de um ano já será possível realizar exames de diagnóstico sobretudo na área oncológica.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados