RCB/TuneIn
Domingo, 13 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
UBI: NOVO REITOR QUER F√ďRMULA DE FINANCIAMENTO JUSTA
Rádio Cova da Beira
M√°rio Raposo defende a cria√ß√£o de uma f√≥rmula de financiamento ‚Äújusta e equitativa‚ÄĚ. O novo reitor da Universidade da Beira Interior (UBI) aproveitou a tomada de posse para reivindicar um maior or√ßamento nas universidades, particularmente na UBI que, em vez de recompensada, tem sido prejudicada por ter as suas contas equilibradas.
Por Paula Brito em 09 de Jun de 2021

Outras da categoria:

Mário Raposo defende um modelo de financiamento “baseado na formação, na investigação e na formação, mas que incorpore outros novos parâmetros, como os custos de contexto, a contribuição para o desenvolvimento de territórios de baixa densidade, a internacionalização da universidade, as relações com o setor económico, o apoio ao empreendedorismo e que tenha ainda em conta a participação da universidade em projetos de excelência internacional, como é o caso das Universidades Europeias”.

 

No discurso de tomada de posse, o novo reitor disse que a UBI é cada vez mais “uma Universidade do mundo para o mundo” e pretende continuar a alargar os horizontes a novas áreas geográficas, para lá dos países lusófonos e das 47 nacionalidades presentes entre os alunos este ano letivo.

 

Mário Raposo assumiu ainda o compromisso de “trabalhar para que os estudantes tenham na UBI as melhores condições de estudo”, dar uma “especial atenção” aos serviços de ação social da UBI e inovar pedagogicamente adaptando a oferta formativa ao contexto de mudança.

 

Na hora da despedida, António Fidalgo, num discurso emotivo, deixou uma declaração de amor à UBI, “declarar o meu amor a esta universidade onde gozei a liberdade académica de ensinar e investigar, onde tive o privilégio de lançar novos cursos, novos departamentos, um novo centro de investigação e uma nova faculdade”. Quanto ao novo tempo que aí vem, com um novo reitor ao leme, “um ubiano de mão cheia”, António Fidalgo desejou que seja um tempo de prosperidade.

 

O presidente do conselho geral, Hugo Carvalho, salientou a importância deste “dia de muitos dias”, deixou, ao novo reitor, o desejo de maiores sucessos e uma palavra de esperança para “desenhar e inventar caminhos de futuro”. A universidade precisa de “sair da caixa de uma área especifica e começar a tratar de todas as áreas de forma sistematizada coerente e principal, tendo sempre presente a consciência que, aqui, temos de ser motores de alerta para o abandono escolar, para a pobreza, para a fome, que temos de concertar estratégias de valorização da educação, o combate ao desemprego e tudo o que possa reforçar as políticas publicas tendo a consciência de que uma universidade se faz de muitas coisas e de que não se fazem boas politicas de educação sem os estudantes.”

 

Os estudantes estiveram representados, nesta cerimónia, pelo presidente da Associação Académica. Uma participação salientada por Ricardo Nora, que viu no gesto “um sinal claro do caminho que se tem e que se quer continuar a traçar, um caminho em que os estudantes são um elemento fundamental na construção de uma universidade completa e que responde às expetativas que a sociedade deposita nela: a partilha e produção de conhecimento, a promoção da liberdade de pensamento e da educação superior, a formação de indivíduos comprometidos com a cidadania e a melhoria do meio em que se envolvem”.

 

Foi em nome da liberdade de pensamento que um grupo de cerca de 20 jovens estudantes da UBI se manifestou no exterior da faculdade de ciências da saúde, onde decorreu a cerimónia de tomada de posse do novo reitor. O movimento “UBI para todos”, assume-se como um grupo informal e orgânico que reivindica “a redução da propina para estudantes internacionais e, eventualmente, o término da propina no geral, melhorar o serviço de ação social escolar, seja em apoio psicológico aos alunos ou na criação de residências, falta de materiais nas faculdades e a degradação das infraestruturas das mesmas." Disse à comunicação social, o porta voz do movimento, Bernardo Temudo.  

 

Foto: Rafael Mangana 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados