RCB/TuneIn
Sexta, 07 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CMC E CHUCB LAMENTAM FALECIMENTO DO MÉDICO FERREIRA PINTO
Rádio Cova da Beira
A Câmara Municipal da Covilhã (CMC) "lamenta profundamente" o falecimento do médico Álvaro Ferreira Pinto. É também com consternação que o Centro Hospitalar Universitário da Cova da Beira (CHUCB) comunica o falecimento do clínico covilhanense "ilustre médico desta instituição e fundador, há mais de 50 anos, da valência de Urologia na região".
Por Paulo Pinheiro em 31 de Jan de 2021

Outras da categoria:

Este domingo realiza-se o funeral do médico Álvaro Ferreira Pinto, Com 85 anos, foi "um dos mais respeitados e prestigiados médicos urologistas do país que dedicou a sua vida profissional à saúde e aos doentes, tendo tido um papel fundamental na criação do primeiro Serviço de Urologia no distrito de Castelo Branco", refere a CMC. Para a autarquia covilhanense, o desaparecimento de Álvaro Ferreira Pinto representa "uma enorme perda para a Covilhã. Perdemos um cidadão e profissional exemplar, um amigo, um Homem Bom", sublinha,

 

 

Para o concelho de administração do  CHUCB, enaltecer as qualidades técnicas, profissionais e humanas, "deste vulto da medicina em Portugal, nunca será suficiente, tal como nunca será demais qualquer reconhecimento ou agradecimento, que lhe possamos expressar, face à dedicação e empenho, que muito fervorosamente votou, a todos os seus doentes, a todas as causas cívicas nas quais se envolveu, e mormente ao saber, à práxis e ao ensino da sua vocação médica".   

 

"Tratar e ensinar foi verdadeiramente, o lema de vida deste ser humano de exceção, referência para várias gerações de médicos que, com mestria e júbilo perpetuam o seu legado", destaca o CHUCB.

 

 Álvaro Rascão Ferreira Pinto, nasceu a 8 de Junho de 1935, licenciou-se em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Coimbra no ano de 1960 e especializou-se em Urologia em 1964.

 

Para além da sua atividade como médico urologista “foi a referência de várias gerações de médicos da Beira Interior”. Criou o Serviço de Urologia no antigo Hospital da Covilhã, onde prestou assistência a quase todos os doentes do Interior, desde o Douro ao Tejo. Desempenhou praticamente todos os cargos da carreira médica a nível deste hospital, tendo sido ainda membro da Associação Portuguesa de Urologia. Foi também membro de vários júris de vários concursos públicos.

Igualmente importante foi a sua participação cívica ao nível autárquico, tendo sido vereador da Câmara Municipal da Covilhã e presidente da Assembleia Municipal da Covilhã. Foi agraciado com a medalha de Ouro da Câmara da Covilhã em 2002, por lhe ser reconhecido o seu contributo para o prestígio do concelho.

Em 2009, por altura das comemorações dos 30 anos do Serviço Nacional de Saúde foi agraciado pela Ministra da Saúde,  Ana Jorge, com uma medalha de ouro, pela sua intervenção no domínio da Saúde em Portugal.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados