RCB/TuneIn
Sexta, 14 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVID-19: 32 INFECTADOS NA J3LP
Rádio Cova da Beira
A J3LP, empresa de polimentos do Fundão, que já testou todos os funcionários à Covid-19, tem actualmente 32 casos activos, mas são 64 os colaboradores que não estão a laborar.
Por Paulo Pinheiro em 30 de Jan de 2021

Comprometida desde a primeira hora no combate à propagação do novo coronavírus, em Março suspendeu a laboração pelo período de 15 dias, como medida de antecipação para a proteção de trabalhadores, familiares e fornecedores, a administração da J3LP, do grupo J3L, situada na zona industrial do Fundão, no início de 2021 começou a ter sinais, externos e internos, que a situação poderia agravar-se "e ser preocupante". É que os mais de 300 trabalhadores que laboram na empresa são oriundos de cinco concelhos e inúmeras freguesias e, por isso, a possibilidade de contacto aumenta exponencialmente. Na semana passada, entre quarta e quinta-feira, a administração da J3LP foi confrontada "com um número anormal de casos positivos".

Na sexta-feira seguinte, a empresa encerrou como medida de protecção e para, mais uma vez, desinfestar a unidade, procedimento que desde Março de 2020 adoptou de 15 em 15 dias, Desta vez, foram efectuadas duas as desinfestações no período de três dias."

Após terem sido detetados os casos positivos, a empresa encontra-se a laboral dentro da normalidade, preservando a saúde de todos. Importante salientar que os casos positivos foram atempadamente detetados e que se encontram bem, apesar de condicionados pela Covid 19", refere a empresa.

Na segunda-feira, a situação começou a ser acompanhada de perto pela Autoridade de Saúde Local e CMF. Realizados mais testes "aos vinte casos positivos que estavam sinalizados juntaram-se mais 12", disse à RCB o director geral da unidade.

Paulo Nobre fala do surto que atingiu a empresa que dirige, que actualmente tem 64 pessoas em confinamento, e sustenta que a situação pela qual a J3LP está a passar "é uma lição"

 

Oiça aqui as declarações de Paulo Nobre: https://bit.ly/3ahwWy9 

 

 

O director da J3LP destaca ainda o facto de cerca de 75% dos casos positivos registados são de pessoas que trabalham em espaços fechados (escritórios e gabinetes) e adianta que, desde Março até Dezembro de 2020, a empresa investiu cerca de 127 mil euros na protecção e segurança de todos quanto ali trabalham. "Neste momento difícil para todos, e principalmente para quem está a recuperar, uma palavra de conforto e de esperança de que tudo passe rapidamente", conclui a administração.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados