RCB/TuneIn
Sexta, 25 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
ATITUDE PASSIVA QUE ROÇA A NEGLIGÊNCIA
Rádio Cova da Beira
É desta forma que a deputada do PSD eleita pelo distrito de Castelo Branco na assembleia da república classifica a falta de acção por parte do governo em relação ao funcionamento da central nuclear de Almaraz.
Por Nuno Miguel em 30 de Sep de 2020
Em comunicado, Cláudia André afirma que o caso Almaraz não foi discutido na última convenção ibérica, porque “o governo português não conseguiu colocar na agenda das discussões” esta problemática de Almaraz. Recordando os recentes incidentes nos reatores, a eleita social democrata afirma “dada a proximidade com a fronteira espanhola, os concelhos de Idanha-a-Nova, Castelo Branco e Penamacor, onde vivem cerca de 45 mil pessoas, registam o maior nível de afetação”. 
Cláudia André sustenta ainda que o governo se mostrou “incapaz de cumprir” a resolução da Assembleia da República, aprovada em 2016, que recomendava ao governo que interviesse junto do governo espanhol no sentido de proceder ao encerramento de Almaraz. A parlamentar espera que a resolução em discussão “seja cumprida”, visto ser uma “obrigação de qualquer governo para com a população portuguesa, em especial a dos distritos de Castelo Branco, Portalegre e Santarém”, referindo que em relação a esta matéria o executivo português “tem manifestado uma passividade submissa que não orgulha ninguém. Numa altura em que se esperava inquietude e energia, manifesta-se uma atitude tão passiva que roça o negligente”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados