RCB/TuneIn
Quinta, 13 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
3? DIVIS?O NACIONAL
A jornada deste fim de semana n?o voltou a ser nada favor?vel aos clubes do distrito, ainda assim o que esteve melhor foi o Benfica, que empatou em Mangualde.
Por José Joaquim Ribeiro em 28 de Feb de 2010
Em Alcains o jogo não correu nada de feição para os comandados de Valter Costa. Sabia-se que não era tarefa fácil aquela que o CDA tinha pela frente, no entanto esperava-se mais. O Sourense, numa demonstração de superioridade quis desde cedo dar indicações que estava no Trigueiros de Aragão para vencer, por isso acelerou o jogo e conseguiu ganhar vantagem logo aos 13 minutos, num golo de Doumbouya, o mesmo jogador à passagem do minuto 41 aumentou para 2-0 e praticamente sentenciou a partida. Na segunda parte o CDA ainda esboçou uma ténue reacção que lhe valou um golo, apontado por Ricardo Oliveira, aos 61’, naquele que parecia ser o golo que iria relançar a partida, mas a equipa de Soure voltou a crescer e marcou mais dois golos, aos 85 e 90 minutos, por Rafael Duarte e Vado. O facto mais estranho nesta partida aconteceu quando se lesionou Décio. Com cerca de 10 minutos para se jogar o jogador do Alcains saiu lesionado e, estranhamente, Valter Costa não o substituiu, embora ainda não tivesse feito qualquer substituição. É certo que Valter Costa só tinha jovens no banco, mas, se não era para poderem ser alternativa melhor seria que não os tivesse lá. Foi indiscutivelmente uma situação estranha.

O Benfica e Castelo Branco teve o pássaro na mão nas depois deixou-o fugir. Os encarnados albicastrenses jogaram contra um adversário directo, conseguiu marcar aos 40 minutos por intermédio de Fabrício, mas na segunda parte permitiram ao Mangualde chegar à igualdade, ainda assim, este ponto acabou por ser precioso visto ter contribuído para que o Benfica passasse a ocupar o 6º posto, com o mesmo número de pontos do Gândara.

A ADEP deslocou-se à Tocha, também esteve na frente do marcador, com um golo apontado por Pedro Silveiro, mas depois deixou que o seu adversário desse a volta ao marcador e acabasse por vencer por 3-1.

A tarefa de Alcains e Penamacorense está a ficar cada vez mais difícil, têm apenas 12 e 13 pontos, respectivamente e os jogos que se seguem não vão ajudar em nada a melhorar a situação, a ADEP desloca-se a Fornos e o Alcains vai até Pombal. O Benfica recebe o Anadia e, vencendo, pode dar um bom contributo para se manter neste lugar que garante desde logo a manutenção.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados