RCB/TuneIn
Sexta, 14 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PEDR?G?O S. PEDRO LIDERA DISTRITAL
Depois de ter derrotado o ?guias do Moradal e de ter beneficiado da escorregadela dos fundanenses da Desportiva, em Oleiros, a equipa de Pedr?g?o de S. Pedro isolou-se no comando do campeonato distrital de Castelo Branco.
Por José Joaquim Ribeiro em 15 de Nov de 2009
A partida mais importante era, sem dúvida, a que se realizou no concelho de Penamacor. A equipa de Xana, constituída por excelentes executantes recebeu uma formação, também ela muito bem servida de jogadores, dos melhores que o distrital pode oferecer. Estas eram condições mais do que suficientes para que o espectáculo estivesse assegurado no Campo Tenente Manuel Morais. A equipa de Pedrógão de S. Pedro não podia ter começado melhor a partida: pontapé de saída e golo. Decorreram escassos 10 segundos é já se adiantava no marcador a equipa da casa. Um tónico muito importante para quem tem essa felicidade. Não esmoreceu a equipa do Estreito perante este revés, aos 35 minutos, por Edmilson e na sequência de um pontapé de canto, chega à igualdade. Na segunda parte a equipa da casa ficou reduzida a 10, por expulsão, por duplo amarelo a Velho, aos 65 minutos. Parecia que tudo ficava mais favorável à equipa de António Belo. Puro engano. Xana tirou da cartola um jovem, que nunca tinha jogado no distrital de Castelo Branco e eis que, Vasco, é esse o nome deste jovem, entrou para resolver o jogo a favor da equipa de Pedrógão, marcando o 2-1, com que terminou a contenda ( veja a crónica do jogo à parte, neste site).


O então líder tinha tarefa complicada na deslocação a Oleiros e no final confirmaram-se as dificuldades que já se previam. A equipa de José Ramalho venceu por 2-1. O primeiro golo resulta de um livre directo, marcado junto da linha de grande área e que Pira se encarregou de transformar de forma superior. Estavam decorridos 18 minutos. A equipa fundanense entrou bem para o segundo tempo, teve uma boa reacção e, num desentendimento da defensiva da casa, Hélder Rodrigues teve todo o tempo para fazer um chapéu ao guardião contrário, recolocando a partida empatada. O tento que deu ao Oleiros a conquista dos três pontos aconteceu aos 69 minutos, num remate de cabeça de David Facuncho. Até final bem tentaram os fundanenses evitar a derrota mas os comandados de José Ramalho fecharam bem os caminhos para a sua baliza.


A Atalaia do Campo ainda passou por um sobressalto, em Vila de Rei, mas no final a qualidade dos jogadores e sobretudo a qualidade do futebol da equipa de Joca acabou por se impor, conquistando uma vitória que não sofre contestação. Abriu o activo Nuno Alves, aos 38 minutos, para a equipa do Vilarregense. Sobre o intervalo, num remate de meia distância José Carlos repôs a igualdade no marcador. Na segunda parte a Atalaia foi melhor e não foi surpresa a reviravolta no marcador. Que marcou foi Spranger, aos 65 minutos. O resultado ficou completo dez minutos depois, através da conversão de uma grande penalidade que Ucha converteu com êxito, depois de falta cometida por Pedro Cotrim.


O Vitória de Sernache teve que se aplicar para não voltar a sofrer novo desaire caseiro. Recebeu o Unhais da Serra e não se conseguiu impor de forma categórica perante o último da geral. A equipa de Simões Gapo marcou aos 36’, por M´Passo, mas este golo não deu a tranquilidade que a equipa necessita. De tal modo está intranquila que permitiu que o Unhais chegasse à igualdade, aos 75, num golo apontado por Almeida, na sequência de um livre à entrada da área. A vitória só foi consumada aos 88, com um golo de Ruben e, já com três minutos para além dos 90, consolidaram o triunfo com um golo de Alan, que fechou o marcador em 3-1.

O confronto entre Valverde e Teixoso resultou num empate sem golo. Foi um jogo de equilíbrios em toda a dimensão: em falta de ideias, falta de oportunidades, falta de emoções e, falta de golos. Com estas evidências o jogo só podia ter terminado como tinha começado: zero a zero.


Finalmente, a goleada da jornada. Desta feita aconteceu em Proença-a-Nova, no confronto entre a Associação Desportiva local e a Lardosa. 7-0 é o espelho do que aconteceu no Campo Senhora das Neves. Jorge Ribeiro abriu o activo, depois Bruno Rodrigues permitiu-se falhar uma grande penalidade e ao intervalo o resultado era de 1-0. Na segunda parte foi o desmoronar da defensiva da Lardosa. Toni, aos 47, Arlindo aos 50 e 68, Bruno Rodrigues, aos 75, de novo Toni, aos 77 e Bruno Rodrigues aos 89 minutos concluíram com golos seis jogadas da sua equipa, fixando o resultado nesta goleada por 7-0.


O Pedrógão de S. Pedro está na liderança do campeonato, com 18 pontos, estando as duas equipas do concelho do Fundão, Desportiva e Atalaia do Campo, na segunda posição a um ponto de distância. O Águas caiu para o 4º posto, com 16 pontos e, nos lugares de acesso à 2ª fase, estão o Oleiros, 15p e Teixosense e Vitória de Sernache com 13.

No próximo fim de semana o jogo que merece maior destaque é sem dúvida o AD Fundão – Sernache.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados