RCB/TuneIn
Sexta, 07 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
CARLOS PINTO RESPONDE AO CDS-PP
Rádio Cova da Beira
A propósito do repto lançado por Adolfo Mesquita Nunes, candidato do CDS-PP à câmara da Covilhã, de um pacto para a floresta, Carlos Pinto, do movimento “De novo, Covilhã”, fala de dois CDS´s: um, do passado, que “tenta boicotar” a Covilhã e outro, do presente, que foge do passado.
Por Paula Brito em 28 de Aug de 2017
 

Carlos Pinto recorda o requerimento, de 2012, de Diogo Feio ao comissário europeu onde segundo Carlos Pinto era pedido “à união europeia que não financiasse o município da Covilhã em 25 milhões de euros para a construção da nova barragem da Ribeira das Cortes”, referindo-se ao “crime ambiental” que seria a construção desta albufeira.

Carlos Pinto diz que recebeu uma resposta do Comissário Europeu, um mês depois, confirmando o financiamento “depois de ter pedido esclarecimentos à câmara que eu presidia e assim pôs o deputado no seu lugar”.

O CDS de hoje vem, passados seis anos, de Lisboa a tentar “fazer os covilhanenses parvos, sem explicação deste passado, de que foge.”

O candidato do movimento “De Novo Covilhã” diz que estes documentos e este passado “constituem uma sentença inapelável para a farsa política de uma candidatura em curso”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados