RCB/TuneIn
Sexta, 14 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
TARDE DESPORTIVA
Rádio Cova da Beira
C.U.Idanhense e C.D.Alcains são os finalistas da Taça de Honra José Farromba. Na Idanha o jogo foi de grandes emoções e só no prolongamento foi possível encontrar o finalista. Em Alcains o CDA não teve dificuldades em ultrapassar a Atalaia do Campo. No Campeonato de Portugal o Benfica e C.Branco venceu, Sertanense e Oleiros empataram e o Vitória ficou mais distante e com um pé nos distritais.
Por José Joaquim Ribeiro em 26 de Mar de 2017

TAÇA DE HONRA JOSÉ FARROMBA - 2ª MÃO DAS 1/2 FINAIS

 

 

ALCAINS 5-2 ATALAIA DO CAMPO (2-2)

 

12' 0-1 Auto-golo Miguel ???

 

22' 1-1 Yero

 

28' 2-1 Yero g/p

 

36' 3-1 Delvany

 

42' 4-1 Yero

 

75' 5-1 Leo g/p

 

90' 5-2 Velho

 

O Clube Desportivo de Alcains chegou à final da Taça de Honra com todo o mérito, depois de um empate na primeira mão e vitória folgada neste segundo jogo. Os comandados de João Laia controlaram a partida mas só deram a volta ao marcador num lance que originou alguma polémica e que esteve na origem da saída para a bancada do técnico da Atalaia, Sérgio Duarte.

 

 

IDANHENSE 3-3 ÁGUIAS MORADAL (1-0)

 

34' 0-1 Auto-golo de Humberto Cardoso

 

54' 1-1 Pedro Carmo

 

90+3 1-2 Salvado

 

Perante o empate que se verifica no conjunto dos dois jogos, vai jogar-se um prolongamento de 30 minutos, para apurar o finalista da prova.

 

104' 2-2 Tiago Barata

 

107' 2-3 Fábio Mariano

 

115' 3-3 Bruno Vieira

 

Num jogo de grandes emoções, o finalista só se apurou na parte final do prolongamento de um jogo disputado com grande intensidade durante os 120 minutos. O Idanhense que teve o mérito de ter ido vencer ao Estreito, conseguiu chegar à final exactamente pelo que fez no campo do ventoso. Neste jogo o Águias conseguiu marcar em período de descontos, igualando o confronto a dois golos. No prolongamento a equipa da casa marcou dois golos contra um e por isso está, com justiça, na final.

 

Na final, que se realiza a 30 de Abril, vão jogar C.U.Idanhense - C.D.Alcains 

 

 

CAMPEONATO PORTUGAL - FASE MANUTENÇÃO - SÉRIE E - 7ª JORNADA

 

BENFICA C. BRANCO 2-1 ANGRENSE

 

14' 1-0 Benny

 

67' 2-0 Ricardo Pires

 

79' 2-1 Marco Aurélio

 

Num jogo tristonho, como o tempo que se fez sentir durante todo o encontro, o Benfica venceu com justiça, ainda que tenha passado por sobressaltos que seriam de todo desnecessários.  Com este resultado os encarnados ocupam a 3ª posição, com 18 pontos, os mesmos do Sertanense. Na próxima jornada voltam a jogar em casa, para defrontarem o Gafetense

 

SERTANENSE 1-1 SP. IDEAL

 

10' 1-0 Cá

 

52' 1-1 Paulo Dinarte

 

O Sertanense não conseguiu melhor que uma igualdade em sua casa, uma situação que vem sendo recorrente. Os homens da Sertã estão a dar-se mal com o Marques dos Santos, o seu próprio recinto desportivo. Nos quatro jogos que realizou em casa o Sertanense soma quatro empates. No jogo desta tarde a equipa esteve sempre por cima do jogo, mas os açorianos na primeira vez que foram à baliza contrária marcaram o tento da igualdade, depois encostaram-se à sua baliza e não deixaram que o Sertanense voltasse a marcar.  

 

O Sertanense partilha a 3ª posição com o Benfica albicastrense, com 18 pontos e no próximo domingo vai jogar nos Açores com o Lusitânia. 

 

CAMPEONATO PORTUGAL - FASE MANUTENÇÃO - SÉRIE F - 7ª JORNADA

 

V. SERNACHE 0-1 MAFRA

 

58' 0-1 Bruninho

 

Ainda que matemáticamente tudo se possa alterar a tarefa do Vitória está a ficar muito complicada. Pode dizer-se que um dos pés já está no distrital. É uma pena, porque as gentes de Cernache do Bom Jardim gostam de futebol e mereciam continuar a ter a equipa no campeonato de Portugal. O Vitória é a pior equipa nos jogos realizados em casa nesta segunda fase e isso não ajuda mesmo nada. A equipa está na 7ª posição e já tem 5 pontos a menos que o Oleiros que ocupa a 6ª posição. 

 

Na viragem do campeonato o Vitória volta a jogar em casa, desta feita para defrontar o Carapinheirense

 

 

VILAFRANQUENSE 2-2 OLEIROS

 

A equipa do Oleiros esteve sempre por cima no jogo, foi a primeira a marcar, depois consentiu a igualdade, voltou a colocar-se em vantagem, mas em período de descontos foi assinalada uma grande penalidade, que deixou os homens de Oleiros muito abalados, por não reconhecerem que o lance merecia o castigo máximo, e o Vilafranquense chegou à igualdade, com que terminou o encontro. Era um jogo com adversário directo e isso penalizou os homens de Paulo Machado.

 

Com este resultado o Oleiros manteve a 6ª posição, aquela que obriga a disputar um play-off, mas no próximo domingo vai jogar em casa do último, Naval e tudo leva a crer que somará os três pontos 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados