RCB/TuneIn
segunda, 06 fev 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
HISTÉRICO: HÁ 20 ANOS EM PALCO
Rádio Cova da Beira
O Grupo de teatro Histérico do Agrupamento de Escolas do Fundão está a comemorar 20 anos de existência e acaba de estrear a sua vigésima produção “Terra” que volta ao palco esta sexta-feira, às 11h 45m no auditório da escola.
Por Paula Brito Batista em 18 d May d 2016
 

Ao longo destas duas décadas passaram pelo grupo mais de 200 jovens que cresceram como actores e como pessoas como referem os testemunhos ouvidos pela RCB “é uma experiência que tem sido muito enriquecedora porque é aquilo que eu gosto mais de fazer na escola, é uma motivação extra e é bom quando nos sentimos bem a fazer alguma coisa e sentimos que fazemos parte de algo”, tal como a Joana, também a Núria considera que cresceu com o grupo “o Histérico ensinou-me a ser mais descontraída, mais extrovertida, a ultrapassar os problemas com mais facilidade, foi das melhores coisas que me aconteceu na vida”.

António Pereira, fundador do grupo e seu coordenador desde então, diz que valeu a pena o trabalho desenvolvido com os jovens ao longo destes 20 anos “é muito importante para o desenvolvimento deles, para a sua integração, crescem a vários níveis: eles escrevem para o teatro, lêem para o teatro, trabalham o corpo a nível físico, improvisam, são criativos”.

Ao longo destas duas décadas foram muitos os jovens que encontraram neste grupo a sua vocação para as artes “O grupo de teatro o que fez aos jovens do Fundão foi mostrar que se podem fazer outras coisas para além dos cursos que a escola oferece. Por exemplo a Mariana que é técnica na Moagem foi técnica no nosso grupo, o Roberto Querido que é actor da ESTE descobriu que gostava de teatro no Histérico, temos outros casos de alunos que se dedicaram à dança, outros à música, como o João Roxo que está actualmente com a Orquestra Municipal do Fundão”.

No ano em que completa o 20.º aniversário o grupo estreou a sua 20.ª peça, “Terra”, construída, como todas as outras  ao longo do ano lectivo “porque não falar do nosso planeta? Da casa de todos nós? O planeta que não cuidamos tanto como devíamos?”, justifica António Pereira sobre a escolha de Terra que estreou na Moagem na passada semana e volta a ser exibida esta sexta feira no auditório da escola, às 11h 45m.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados