RCB/TuneIn
Domingo, 13 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DADORES DE SANGUE: DIRECÇÃO REELEITA
Rádio Cova da Beira
Luísa Branco vai continuar na presidência da direcção do grupo humanitário de dadores de sangue da Covilhã. O acto eleitoral decorreu no último sábado e a actual líder directiva encabeçou a única lista que se apresentou a sufrágio, tendo sido eleita por unanimidade.
Por Nuno Miguel em 23 de Feb de 2016

Outras da categoria:

Luísa Branco refere que os actuais órgãos sociais tinham manifestado vontade em terminar funções, tendo feito contactos no sentido de surgir uma alternativa, mas que acabaram por ser infrutíferos o que levou a direcção a recandidatar-se para evitar que o grupo caísse num vazio directivo “infelizmente não foi possível arranjar uma outra direcção e depois deste tempo todo não tínhamos o direito de criar uma crise e por isso decidimos avançar novamente. Dentro do possível já foram integrados alguns novos elementos para se inteirarem do trabalho que aqui é desenvolvido e motivá-los para que no futuro queiram continuar”.

A presidente da direcção do grupo humanitário de dadores de sangue da Covilhã acredita que a integração de novos elementos nos órgãos sociais pode ser determinante para encontrar uma solução de futuro uma vez que, quando terminar este mandato, já decidiu que não vai continuar no cargo “no próximo mandato eu de certeza que vou sair; sempre gostei muito de ajudar e de trabalhar em prol do grupo mas penso que é importante dar lugar a gente nova e também porque a partir de determinado momento a motivação inicial acaba por desaparecer”.

Para os próximos dois anos, a grande prioridade vai ser a realização das obras de ampliação da sede social do grupo. Luísa Branco recorda que existiu essa promessa por parte da câmara da Covilhã no último aniversário da instituição. Um processo que, até à data, ainda não conheceu novos desenvolvimentos “neste momento estamos à espera; ao longo do tempo tivemos muitas promessas mas depois nada foi feito. Eu já vi o protocolo que vai ser assinado para concretizar esse objectivo mas temos de aguardar mais algum tempo uma vez que a situação que está na base dessa intervenção ainda não foi concretizada”.

No que respeita à composição dos restantes órgãos sociais, António Santos Silva vai continuar a presidir à mesa da assembleia geral e Raul Proença ao conselho fiscal.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados