RCB/TuneIn
Sexta, 25 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CEN√ĀRIO EM ABERTO
Rádio Cova da Beira
Anabela Pinto garante que ainda não tomou nenhuma decisão quanto à apresentação de uma recandidatura ao cargo de provedora da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte.
Por Nuno Miguel em 25 de Aug de 2015

Outras da categoria:

O acto eleitoral vai decorrer até final deste ano mas a responsável considera que ainda é prematuro abordar a questão uma vez que há projectos que a instituição tem em curso e que espera ver concluídos ainda durante este mandato “ainda é cedo para abordar esse cenário; a grande prioridade que definimos há três anos foi seguir um determinado rumo. Alguns dos objectivos já foram alcançados mas há outros que são mais difíceis e é na sua concretização que eu estou focada. Ainda faltam alguns meses para as eleições e por isso vamos ponderar porque além de mim há toda uma equipa que trabalha comigo”. 
Actualmente a misericórdia de Belmonte presta apoio a cerca de 250 utentes nas valências de lar, centro de dia, jardim de infância e apoio domiciliário. Números que não podem crescer muito mais uma vez que “os acordos de cooperação com a segurança social limitam essa capacidade, existindo lista de espera em quase todas elas”.
Anabela Pinto refere que os últimos três anos foram determinantes para a recuperação financeira da instituição, onde foi possível liquidar o passivo junto dos fornecedores e regularizar a situação financeira de todos os trabalhadores “ao longo deste mandato conseguimos liquidar o passivo junto dos fornecedores; temos todos os pagamentos em dia com os trabalhadores e também existia uma dívida de 325 mil euros à segurança social que não conseguimos liquidar no imediato e por isso foi feito um plano de pagamento que está a ser cumprido escrupulosamente”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados