RCB/TuneIn
Terça, 18 Mai 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
NÃO HÁ REFORÇOS
Rádio Cova da Beira
A poucos dias do prazo limite para a inscrição de novos jogadores, o presidente da direcção do Sporting da Covilhã garante que o clube não tem condições financeiras para proceder a novas contratações.
Por Nuno Miguel em 30 de Jan de 2015
Em entrevista ao programa “Desportivamente Falando” da RCB, José Mendes refere que está consciente de que o plantel poderia ter algumas melhorias para tentar atacar a subida de divisão, mas não há dinheiro para contratar novos jogadores “não vai entrar ninguém no Sporting da Covilhã porque não temos dinheiro; eu o treinador sabemos bem aquilo que era preciso para atacar uma subida de divisão mas não temos dinheiro para isso e não vamos entrar em loucuras”.
Num olhar sobre a actualidade do plantel, José Mendes diz ter conhecimento que há atletas que estão a suscitar interesse de outros clubes, mas só haverá saídas se o Sporting da Covilhã for ressarcido financeiramente “enquanto não chegarem propostas concretas pouco me importa se há interesse ou não; temos atletas que de certeza absoluta nos vão permitir realizar bons negócios mas a estratégia que está definida é que ninguém irá sair sem o clube ser ressarcido das importâncias que nós achamos que devemos ter e por isso pouco me importa que se fale no Erivelto, no Bilel ou em qualquer outro jogador porque quase todos tem contrato; ainda recentemente também se falou que o Vítor Massaia podia ir para a primeira liga, para o Arouca, mas o empresário tem que primeiro trazer dinheiro para levar o jogador senão ele vai ficar connosco mais um ano, até ao final do seu contrato”. 
O líder directivo do clube serrano faz ainda uma avaliação muito positiva do trabalho que está a ser feito na área da formação e admite que o jovem Vasco Sousa, que integra os trabalhos da selecção nacional de sub 17, pode ser transferido para outro clube “posso adiantar que há conversações para que possa dar o salto para uma equipa de top, mesmo a nível de estrangeiro, e penso que estamos a trabalhar no rumo certo apesar de algumas pessoas alvitrarem que não temos formação”.
Entregue à FIFA está o processo de transferência de Tiago Lopes para um clube da Roménia na última temporada. José Mendes refere que o clube ainda não recebeu os 30 mil euros correspondentes a essa transferência “a questão está entregue na FIFA; já gastámos cerca de oito mil euros para o processo poder avançar e para não deixar cair essa situação porque vamos até às últimas consequências para receber esse dinheiro”.
No que respeita ao actual plantel, José Mendes garante ainda que o clube vai acompanhar de perto a situação de Tiago Mendes, que contraiu uma lesão grave, e que pode mesmo deixar a prática da modalidade “é uma lesão muito complicada, que o pode deixar numa cadeira de rodas; nós temos seguros, não tivemos culpa absolutamente nenhuma e estamos agora a tentar resolver o problema, que não é fácil; em primeiro lugar está o homem e só depois o jogador e até final da época queremos muito que o atleta consiga resolver essa situação e nós cá estaremos para o ter na próxima época e para o trabalhar porque se trata de um jovem”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados