RCB/TuneIn
Domingo, 13 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PSD APRESENTA MEDIDAS PARA EDUCAÇÃO
Rádio Cova da Beira
São 12 as propostas que a comissão política distrital do PSD vai fazer chegar ao governo com o objectivo de contribuir para a melhoria do sistema de educação. O organismo realizou, na passada sexta-feira, o primeiro de um conjunto de roteiros temáticos que vão culminar com a apresentação de medidas que possam ser implementadas tendo em vista melhorar o funcionamento de vários sistemas como a saúde, a educação, a segurança social ou a justiça.
Por Nuno Miguel em 25 de Nov de 2014

Na área da educação a rentabilização dos recursos humanos existentes, a melhoria da articulação curricular e pedagógica, a redução do absentismo, o aumento da acção social e uma política que direcione alunos que não têm pré-requisitos para entrar numa universidade para o ensino profissional ou a realização de provas nacionais do desporto escolar no distrito de Castelo Branco foram algumas das propostas apresentadas.

Outra das medidas passa por transferir para as autarquias a responsabilidade de manutenção de todos os edifícios escolares. Carlos Almeida, secretário geral do PSD distrital e coordenador do grupo de trabalho para a área da educação sustenta que “em boa verdade nós hoje temos uma organização relativamente moderna mas que a determinados níveis de decisão continua a ser napoleónica; aquilo que nós reivindicamos é que há um conjunto de competências que devem ser descentralizadas nos municípios e aqui com particular incidência tudo aquilo que se prende com a conservação e manutenção das infraestruturas assim como também faz todo o sentido existirem alterações ao nível do pessoal não docente”.

Outro dos caminhos a seguir é o reforço da autonomia dos agrupamentos, nomeadamente no que diz respeito ao recrutamento de docentes “a descentralização dessas competências deve centrar-se naqueles que têm conhecimento que são as escolas; neste aspecto deve existir uma separação clara porque somos acérrimos defensores de uma descentralização e não de uma desconcentração que são conceitos diferentes”.

A distrital do PSD pretende ainda que exista um reforço na definição na rede escolar a nível inter-concelhio, por forma a evitar uma duplicação de ofertas entre municípios próximos “tem que existir um esforço de todas partes para que essa oferta seja complementar para não existir uma sobreposição de oferta; para além disso em concelhos que são contíguos essa oferta deve ser feita de forma intra-concelhia porque se temos concelhos onde não existe massa crítica não faz sentido que os agrupamentos façam ofertas formativas iguais às do município vizinho”.

Neste ano lectivo estão matriculados 21 mil e 507 alunos em todas as escolas do distrito. Um número que, de acordo com a distrital do PSD, tem vindo a diminuir de ano para ano, e que afecta todos os níveis de ensino desde o pré escolar até ao secundário. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados