RCB/TuneIn
Sábado, 19 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
“ORÇAMENTO DA COESÃO”
Rádio Cova da Beira
O secretário de estado das finanças afirma que o orçamento de estado para o próximo ano é o orçamento da coesão nacional. A afirmação feita por Manuel Rodrigues durante mais uma acção da iniciativa “encontros da região com o governo” que a comissão política distrital do PSD tem vindo a dinamizar.
Por Nuno Miguel em 25 de Nov de 2014

O governante sublinha que a proposta que está em discussão na assembleia da república tem várias medidas de discriminação positiva para as regiões do interior, procurando dessa forma reforçar a coesão entre todos os territórios do país “este orçamento tem no seu conjunto várias medidas que discriminam positivamente as regiões do interior com o objectivo de fomentar essa coesão para que o crescimento do país possa ser feito de forma sustentável e inclusiva e nesse sentido todas as regiões devem beneficiar desta dinâmica que se vai iniciar com um novo ciclo que estamos a começar”.  

Manuel Rodrigues acrescenta que este orçamento de estado está assente em quadro grandes pilares. O primeiro dos quais a recuperação económica aliado à criação de novos postos de trabalho “nos últimos 19 meses foram gerados mais de 210 mil novos postos de trabalho o que significa que foi a maior criação liquida dos últimos 12 anos mas em simultâneo temos um segundo pilar que é o da recuperação do rendimento e ainda um terceiro e quarto pilares; o primeiro tem a ver com a solidariedade e o último será o das contas certas que garantem que os erros do passado não voltam”.

O secretário de estado das finanças sublinhou ainda que o próximo pacote de ajuda comunitária vai ter uma vertente importante dos fundos direccionada para o mundo empresarial, tendo em vista prosseguir o objectivo da recuperação económica que começou a ser uma realidade a partir do final de 2013 “esse investimento é fundamental para que as empresas possam investir na capacidade instalada e que isso acabe por gerar um nível mais alto de actividade económica e que isso acabe por originar mais emprego; o programa Portugal «2020» vai arrancar com uma velocidade maior e Portugal está a saber colocar-se num plano muito favorável em relação aos outros parceiros Europeus tendo em vista a implementação do novo quadro comunitário".

Depois de Manuel Rodrigues o próximo convidado da distrital do PSD é o ministro adjunto e do desenvolvimento regional. Miguel Poiares Maduro vai estar em Castelo Branco no próximo dia 1 de Dezembro.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados