RCB/TuneIn
Sexta, 25 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CMC N?O ADERE
A c?mara da Covilh? deliberou n?o aderir ? nova entidade de turismo da Serra da Estrela. A proposta de n?o ades?o ? ?Turismo Serra da Estrela, apresentada pelo presidente da autarquia, foi aprovada pelo executivo com o voto contra do partido socialista.

Carlos Pinto comenta declarações de autarcas que afirmam não terem subscrito comunicado da Comurbeiras e saída da sede de turismo da Covilhã
Por Paulo Pinheiro & Miguel Malaca em 08 de Nov de 2008

Outras da categoria:

“Não estamos contra o pólo, mas enquanto não forem alterados os estatutos da nova entidade a câmara municipal da Covilhã não adere”, disse Carlos Pinto no final da reunião, com carácter privado do executivo covilhanense, realizada na passada sexta-feira. De acordo com o edil covilhanense, o secretário de estado do turismo e o presidente da comissão instaladora da nova entidade têm conhecimento oficial desta posição, mas até agora não houve qualquer resposta.

Questionado sobre a possível saída da Covilhã da sede da nova entidade, o chefe do executivo afirmou não estar preocupado “é evidente que se a Covilhã não participar a sede não fica aqui, mas não estou preocupado com isso”. Carlos Pinto reafirma tudo o que foi escrito no comunicado da reunião da COMURBEIRAS, realizada em Pinhel, que autarcas, de vários municípios que integram a comunidade urbana das Beiras, vieram publicamente afirmar não o terem subscrito “ há uma acta que tem lá tudo, quem diz coisas diferentes das decididas não sou eu” sublinha o autarca covilhanense. 

A decisão, de não adesão à nova entidade, foi aprovada com o voto contra do vereador do partido socialista. Miguel Nascimento afirma que a Covilhã deve integrar a “Turismo Serra da Estrela” porque “é uma marca forte e com pernas para andar”. O vereador do PS considera que a decisão tomada pela maioria no executivo constituiu uma perda para o município e para os covilhanenses, receia a saída da sede da Covilhã, e deixa um apelo a ambas as partes “a CMC e a comissão instaladora devem chegar a um entendimento para que a Covilhã não fique de fora da instituição que pode ter um papel fundamental no desenvolvimento do sector do turismo na região


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados