RCB/TuneIn
Sábado, 19 Jun 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
JORGE SEGURO APREENSIVO
O presidente da Assembleia Municipal de Penamacor olha com algumas reservas para a decis?o tomada pelo governo de n?o nomear novos governadores civis para os 18 distritos do pais.
Por Nuno Miguel em 28 de Jun de 2011

Na última reunião do órgão, Jorge Seguro afirmou que "embora concorde por princpio com esta medida, temos que olhar para esta questão também como o encerramento de mais um serviço úblico no interior e sinceramente eu espero que o emagrecimento do estado não se faça apenas à custa destas medidas que tanto tem penalizado as populações".

Para o presidente da assembleia municipal de Penamacor "é diferente proceder à extinção deste serviço em Lisboa, onde estão sediados inúmeros organismos que podem assumir essas competências ou no interior em distritos como Castelo Branco, Guarda, Beja ou Vila Real onde a desertificação continua a ser um fenómeno muito preocupante como se pode comprovar pelos resultados provisórios dos últimos censos".

Jorge Seguro garante ainda que é contra a extinção de municípios "como todos sabem eu sou apoiante do António José Seguro e na moção que ele vai apresentar ao congresso do Partido Socialista consta a oposição do PS em relação à extinção dos municípios; como disse anteriormente em relação à questão dos governos civis o emagrecimento do estado não pode ser feito apenas à custa de encerrar serviços públicos no interior". 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados