RCB/TuneIn
Terça, 10 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
PSD DA COVILH? CONTRA LISTA DE CANDIDATOS
A concelhia do PSD da Covilh? "repudia veementemente" a forma como foi elaborada a lista de candidatos do c?rculo eleitoral de Castelo Branco apresentada pelo partido social democrata.
Por Paulo Pinheiro em 27 de Apr de 2011

"Uma vez mais houve total falta de respeito por parte da estrutura nacional do PSD pelas gentes do Interior, tendo estas sido humilhadas, ao apresentar como cabeça de lista alguém que não é da nossa região, assumindo o presidente do partido uma total contradição pelo que prometeu em campanha pela liderança do PSD e que foi uma das suas bandeiras". Este o primeiro de doze pontos de um  comunicado onde a concelhia do PSD da Covilhã lembra que a distrital social-democrata aprovou por unanimidade, a 12 de Abril, uma lista candidata por Castelo Branco tendo sido indicado que o cabeça de lista deveria ser uma personalidade da região.

No documento, a comissão política da secção covilhanense do PSD denuncia que a lista aprovada por todas as concelhias e pela distrital "não foi a mesma que foi aprovada pelo conselho nacional no dia 17 de Abril, liderada por um cabeça de lista imposto pelo presidente do partido e que continha nomes que não os aprovados pela distrital".

Para os sociais-democratas covilhanenses, a alteração da composição da lista representa "uma total falta de respeito pelas decisões das concelhias, uma deturpação de deliberações tomadas por unanimidade, uma afronta e humilhação à vontade dos militantes da região".

Não se revendo na forma "pouca democrática" de todo o processo, a concelhia do PSD da Covilhã pede a demissão do presidente da comissão política distrital, algo que Carlos São Martinho Gomes já tinha referido à RCB "não aceitar".

A comissão política da secção da Covilhã do PSD anuncia não estar disponível para participar em acções de campanha e solicitou ao presidente da mesa da assembleia geral de militantes a marcação de uma reunião para analisar o assunto. Do encontro a concelhia pode "vir a tomar novas medidas face à falta de respeito pelas gentes do Interior". 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados