RCB/TuneIn
Segunda, 09 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MISERIC?RDIA APROVA CONTAS
A assembleia geral da Santa Casa da Miseric?rdia do Fund?o aprovou por unanimidade as contas relativas a 2010. Com um resultado l?quido positivo de 421 mil euros, a institui??o amortizou, no ano passado, 861 mil euros do passivo que, ainda assim, est? pr?ximo dos 7 milh?es de euros.
Por Paula Brito em 28 de Mar de 2011

Segundo Jorge Gaspar, estes sinais positivos, são importantes "sobretudo quando vínhamos de sucessivos exercícios negativos". Em 2008, ano em que a instituição foi gerida pela comissão administrativa, "conseguimos alterar ligeiramente essa curva mas ainda assim o exercício desse ano apresentou um resultado negativo de 323 mil euros, em 2009 já conseguimos um resultado positivo de 23 mil euros mas passar de 23 para 421 mil é muito importante".

Além do resultado líquido positivo, Jorge Gaspar destaca os resultados da exploração "que vinham sendo consecutivamente negativos e passaram para um resultado positivo de 56 mil euros". O provedor da instituição refere ainda o decréscimo de 861 mil euros no passivo da instituição que actualmente é de 6 milhões, 968 mil euros.

Entretanto a misericórdia fundanense continua à procura de uma solução para o autofinanciamento das obras de ampliação do lar de idosos no centro comunitário das Minas da Panasqueira. Apesar da candidatura estar aprovada no valor de 850 mil euros e os projectos concluídos, a instituição não está em condições de financiar os cerca de 650 mil euros que faltam "as obras ainda não arrancaram porque estamos à procura do autofinanciamento que pode passar pela alienação de património ou, numa primeira fase, um empréstimo à banca". Refere Jorge Gaspar em entrevista ao programa "Flagrante Directo" da RCB.

As obras rondam um milhão e meio de euros e vão aumentar de 27 para 43 o número de camas do lar do centro comunitário das Minas da Panasqueira.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados