RCB/TuneIn
Terça, 21 Mai 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
MANUEL FREXES E JOS? ANACLETO S?CIOS HONOR?RIOS DA ATALAIA DO CAMPO
Jo?o Torres e a sua direc??o comemoraram ontem 10 anos ? frente dos destinos da Associa??o Recreativa e Cultural de Atalaia do Campo. Esta data serviu para que o clube se lembrasse de quem os tem apoiado incondicionalmente, ao longo deste trajecto. Como o clube tem muito mais necessidades de receber do que oferecer, a op??o tem, necessariamente, que passar por uma liga??o mais profunda e sentimental entre quem aja perante o clube com gratid?o, alegria, amizade, prosperidade, orgulho, respeito, trabalho e confian?a.
Por José Joaquim Ribeiro em 20 de Jul de 2008

Foi por estarem gratos com o apoio de Manuel Frexes, enquanto presidente da Câmara e grande apoiante do clube e José Anacleto, como médico do clube e pessoa muito disponível para tudo o que envolva a colectividade de Atalaia, que a direcção da ARCAC decidiu, por unanimidade, atribuir o titulo de sócios honorários a estas duas figuras que o clube considera ímpares e merecedoras desta distinção.

O presidente do clube, nos discursos de circunstância, enalteceu Manuel Frexes pelo trabalho que encetou no concelho e em particular junto das colectividades, criando as condições de apoio a cada uma delas, de modo a que os presidentes dos clubes deixassem de ser meros mendigos junto da Câmara Municipal e passassem a exercer a actividade dirigentes desportivos, com responsabilidade.

Referiu-se ao médico José Anacleto como um homem sempre disponível para resolver os problemas que surgiram ao longo da época, aludindo que foram vários e graves os problemas que teve que resolver, dos quais se destacam cinco intervenções cirúrgicas a atletas do clube.

Por sua vez, José Anacleto e Manuel Frexes, fizeram saber o quanto honrados estavam pela atribuição deste titulo. O médico enalteceu o fantástico trabalho que foi realizado, ao longo de toda a época, pelo enfermeiro Sílvio e referiu que as lesões, este ano, não foram em tão elevado número graças ao facto do clube ter ao dispor um relvado para a pratica do futebol, dizendo mesmo que a Atalaia não teria sido campeã distrital se ainda estivesse a jogar no pelado.

O presidente da câmara começou por dizer que não gosta de homenagens, por considerar que este tipo de relevância costuma aplicar-se a pessoas de maior idade, mas acha que a pessoa que merecia ter sido distinguida era João Torres, por todo o trabalho que desenvolveu ao longo destes 10 anos e que colocaram o clube na 3ª divisão nacional de futebol. Manteve toda a disponibilidade para continuar a apoiar o clube, dentro das limitações financeiras da câmara, mas que terão que ser em dobro, relativamente do apoio que tem sido atribuído até aqui, por considerar que a 3ª divisão tem encargos substancialmente mais elevados.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados