RCB/TuneIn
Sexta, 19 Out 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ARS CENTRO SEM PLANO PARA ENCERRAR EXTENSÕES
Não há nenhum programa em curso para o encerramento de extensões de saúde na região Centro, garante o presidente da Administração Regional de Saúde. No entanto, João Pedro Pimentel entende que este deve ser um processo sempre em aberto.
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 24 de Feb de 2011

"Há extensões de saúde que hoje fazem sentido e outras não, porque há populações em número reduzido tendo que se apostar em transportes etc, mas neste momento não temos nenhum programa para encerra extensões", garantiu o presidente da ARS Centro.

Em 2010, segundo o presidente da ARS, diminuiu o número de urgências nos hospitais da região centro, fruto do aumento generalizado do número de consultas externas, cuidados primários e cuidados continuados

"Há uma diminuição generalizada no número de urgências em 2010, excepto em um ou dois hospitais da região Centro, mas mesmo nestes casos o aumento é residual. Estamos convictos que isto corresponde a uma melhor resposta da medicina geral e familiar e mesmo dos cuidados domiciliários e até continuados", defende aquele responsável.

João Pedro Pimentel diz que em breve serão disponibilizados 35 milhões de euros para a região centro no âmbito do QREN para a área da saúde

"Estamos a preparar candidaturas, não estão ainda aprovadas, na área da saúde, no âmbito do QREN, para e região Centro que envolvem uma verba de 35 milhões de euros para centros de saúde, extensões e hospitais", assegura o presidente da administração regional de saúde do Centro.

João Pimentel falava no final do colóquio sobre a ULS de Castelo Branco, que contou com a presença da bastonária da ordem dos enfermeiros, Maria Augusta Sousa, e Luís Correia, presidente da unidade local de saúde albicastrense.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados