RCB/TuneIn
Quarta, 15 Ago 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SILVARES GANHA CENTRO COMUNITÁRIO
Rádio Cova da Beira
O centro comunitário de Silvares estará pronto dentro de dois anos. O prazo é estipulado no contrato de financiamento assinado entre o instituto de segurança social (ISS) e a associação de solidariedade de Silvares
Por Paulo Pinheiro & Paula Brito em 23 de Jun de 2008
O centro, com a valência de lar com capacidade para 39 idosos e de creche para 25 crianças, foi um dos dois projectos aprovados no distrito de Castelo Branco no âmbito da segunda fase do PARES (Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais). Para José Joaquim Antunes, director regional do centro distrital da Segurança Social, “a candidatura foi bem pensada e do ponto de vista técnico é muito boa”. A obra irá a concurso com um preço base de 950 mil euros, o instituto de Segurança Social comparticipa com 388 mil, a câmara do Fundão com 250 mil e o restante será responsabilidade da associação promotora do investimento que segundo o seu presidente, Carlos Jerónimo, ronda os 350 mil euros “não tendo meios próprios, temos que recorrer ao apoio dos silvarenses e ao crédito para arrancar com os trabalhos”.Até à data foram angariados 25 mil euros, nas diversas acções promovidas junto da população, para a construção desta infra-estrutura que será gerida pela associação. O director regional da Segurança Social deixou um repto para que além do centro comunitário a associação passe a gerir também o centro de dia até agora sob a tutela da santa casa da misericórdia do Fundão “ o facto duma associação local construir um edifício para a terceira idade, que já tinha recorrido a um acordo de cooperação para um centro de convívio, estranhámos porque há um acordo de cooperação aplicado com a Santa Casa da Misericórdia, cuja mesa da comissão administrativa actual já demonstrou disponibilidade para estudar a situação e as entidades locais também. Eu penso que tudo se resolverá.”  Para além da assinatura do contrato de financiamento com a Segurança Social foi também assinado o protocolo com a câmara do Fundão que irá comparticipar o investimento com 250 mil euros. Paulo Fernandes afirma que o concelho do fundão verá aumentar o número de camas em lar “quando iniciámos o segundo mandato havia 150 camas dentro do território do município, com as ampliações que foram feitas e com a construção de lares e centros de noite, iremos para muito próximo de 400 camas”. A assinatura dos protocolos, que irão permitir a construção do centro comunitário das Lameiras, foi o ponto alto das comemorações do décimo terceiro aniversário da elevação de Silvares a vila. A oportunidade foi ainda aproveitada pela junta de freguesia homenagear cinco personalidades: Abílio Pacheco, Luís de Carvalho, Álvaro Brasinha,  Virgilio Ramos, a titulo póstumo e António Martinho

  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados