RCB/TuneIn
Sexta, 30 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PROVID?NCIA CAUTELAR REJEITADA
O tribunal administrativo e fiscal de Castelo Branco n?o admitiu a provid?ncia cautelar apresentada por Jorge Fael com o objectivo de interromper o processo de aliena??o de 49% do capital social da empresa ADC - ?guas da Covilh?.
Por Paula Brito & Nuno Miguel em 20 de Jun de 2008

Contactado pela RCB Jorge Fael diz que ainda não foi notificado da decisão mas "ainda estamos em tempo de avançar com a acção principal".

Na reunião pública do executivo covilhanense foi esta manhã constituído o conselho de administração da ICOVI, a empresa criada a partir do processo de alienação do capital social da ADC e que vai ter a seu cargo a parte das infra-estruturas. Carlos Pinto, Luís Barreiros e Leopoldo Santos são os memebro do conselho de administração da empresa cuja escritura pública vai ser assinada na próxima segunda-feira.

Os vereadores da bancada do PS abstiveram-se. Vítor Pereira diz que "não estão em causa os nomes mas sim a coerênica do PS que não concorda com o processo".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados