RCB/TuneIn
Segunda, 04 Jul 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
IODO A MENOS
40% das escolas do distrito de Castelo Branco t?m crian?as com n?veis de iodo abaixo do indicado, ainda assim ligeiramente inferior ? media nacional que ? de 46,9%. Aveiro e Coimbra, com 75%, Porto, Beja e Faro com 50% lideram a lista de estabelecimentos de ensino com alunos com valores de iodo abaixo do desej?vel.
Por Paulo Pinheiro em 28 de Jan de 2011

É o que revela um estudo da sociedade portuguesa de endocrinologia, diabetes e metabolismo, que avaliou 3.990 crianças, 3.679 no continente e 311 na Madeira.

2,2% das crianças deste universo apresentaram níveis graves de insuficiência. A insuficiência de iodo no organismo deve-se, segundo os especialistas, à fraca qualidade da alimentação, nomeadamente a pouca ingestão de peixe, um alimento rico nessa matéria.

Os peritos alertam para o facto de que as deficiências em iodo podem causar mau desempenho escolar e hipotiroidismo nos mais jovens.Um dos dados que o estudo aponta é para o facto de que nas escolas onde não há distribuição de leite às crianças, os níveis de iodo são mais baixos.

A sociedade portuguesa de endocrinologia vai recomendar à direcção geral de saúde a suplementação de iodos na gravidez, a porfilaxia global, mdiante a iodização do sal e o consumo de leite. 

O iodo é um elemento que existe em pouca quantidade na natureza e que o organismo necessita para produzir as hormonas da tiróide, pelo que a sua quantidade na alimentação condiciona o funcionamento e as doenças relacionadas com aquela glândula.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados