RCB/TuneIn
Domingo, 20 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DESEMPREGO CRESCE NA BEIRA INTERIOR
A taxa de desemprego na Beira Interior vai aumentar durante o primeiro semestre do ano. Segundo o Observat?rio para o desenvolvimento econ?mico e social da UBI as taxas m?dias de crescimento mensal do desemprego na regi?o v?o ser mesmo superiores ?s verificadas nos ?ltimos 34 meses.
Por Paula Brito em 26 de Jan de 2011

Segundo a análise do Observatório, Castelo Branco é o concelho do eixo da A23 onde vai aumentar mais o desemprego com uma taxa média de crescimento de 8.09%, mais de 1,5 por cento que a média nacional, seguido do Fundão com 5,77%, Guarda com 4.06% de aumento e Covilhã com 3,85%.

Apesar da Covilhã ser dos 4 concelhos da Beira Interior a que regista a menor taxa de crescimento do desemprego, em Junho continuará a ser a cidade da Beira Interior com maior número de desempregados. Uma vez que nos últimos dados divulgados, em 30 de Novembro último, a Covilhã tinha 3441 desempregados registados ocupando o primeiro lugar da Beira Interior.

O Observatório da UBI estima ainda que no próximo mês de Junho a taxa do desemprego em Portugal Continental deverá situar-se nos 11.7% muito próximo da barreira psicológica dos 12%. Uma taxa impossível de calcular para a Beira Interior já que os dados da população activa já estão demasiado desactualizados. Uma situação que o Observatório para o desenvolvimento económico e social da UBI espera ver resolvida com a realização dos Censos durante este ano. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados