RCB/TuneIn
domingo, 29 jan 2023
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
F√ĀBRICA CLASSIFICADA
Rádio Cova da Beira
A antiga f√°brica Ant√≥nio Estrella/J√ļlio Afonso, situada no vale da ribeira da Carpinteira, na Covilh√£, e onde se encontra instalada a sede da associa√ß√£o cultural ‚ÄúNew Hand Lab‚ÄĚ foi classificada como monumento de interesse p√ļblico.
Por Nuno Miguel em 21 de Nov de 2022
O despacho foi assinado pela secretária de estado da cultura, Isabel Cordeiro, e foi publicado em Diário da República na última quarta-feira onde é sublinhando que esta fábrica “é indissociável do amplo edificado industrial da cidade”.
De acordo com a associação, esta fábrica “está inserida nas designadas fábricas de pisos e constitui um importante testemunho vivo desta tipologia. Sofreu várias adaptações ao longo de gerações, foi adquirida pelo industrial Júlio Afonso há cerca de 50 anos, mantendo-se em laboração contínua até 2002”. 
Esta classificação reflecte critérios "relativos ao carácter matricial do bem, ao seu interesse como testemunho notável de vivências ou factos históricos, ao seu valor estético, técnico e material intrínseco, à sua conceção arquitectónica e urbanística, e à sua extensão e ao que nela se reflete do ponto de vista da memória colectiva”.
Em comunicado, também a autarquia da Covilhã sublinha que “além do conjunto de fornalhas e poços cilíndricos da antiga tinturaria da real fábrica de panos da Covilhã este é o primeiro edifício fabril a ser classificado como monumento de interesse público”.
Com esta classificação é também fixada a zona especial de protecção que “tem em consideração a implantação e a envolvente urbanística e paisagística, situado no vale da ribeira da Carpinteira” ficando assim salvaguardada a “manutenção das características fundamentais do lugar e as perspectivas da sua contemplação e fruição, evitando o surgimento de intervenções com impacto descontextualizador”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2023 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados