RCB/TuneIn
Segunda, 17 Dez 2018
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
FUTURO DO TÊXTIL: EURODEPUTADOS DA CDU PREOCUPADOS
Ilda Figueiredo e Jo√£o Ferreira v√£o solicitar √† comiss√£o europeia a prorroga√ß√£o do prazo para a implementa√ß√£o da directiva ¬ďRich¬Ē, que define a adop√ß√£o de novas regras ambientais para todo o sector industrial.
Por Nuno Miguel em 21 de Jan de 2011

O anúncio feito por Ilda Figueiredo no final de um périplo pelo distrito em que os eurodeputados da CDU visitaram as instalações das empresas “Paulo de Oliveira” e “Dielmar” e reuniram com a direcção da ANIL. Para Ilda Figueiredo  "esta directiva não tem em conta a especificidade da indústria Portuguesa e equipara os produtos químicos utilizados no sector têxtil aos mesmos níveis do que são usados pelas petrolíferas o que vai representar um aumento de custos significativo e trata da mesma forma industrias diferentes".

Nesta deslocação à região, os eleitos da CDU registaram ainda um conjunto de preocupações das empresas face ao aumento dos custos das matérias primas "nomeadamente a lã da Austrália que nos últimos meses teve um aumento de preços muito significativo e também o algodão da India, cuja exportação já foi proibida". Nesse sentido os euro deputados da CDU já formularam por escrito uma pergunta à comissão europeia no sentido de saber quais os estudos que existem sobre o abastecimento de matérias primas para o têxtil europeu. Ilda Figueiredo acrtescenta que nessa pergunta "esta também englobada uma alinea onde se questiona quais as medidas para a manutenção e desenvolvimento do têxtil tendo em conta a sua importância para o desenvolvimento regional nomeadamente em paises como o nosso em que a taxa de desemprego já é muito elevada".

Os eurodeputados da CDU vão ainda, através do grupo parlamentar do PCP na assembleia da república, exigir ao governo a adopção de medidas de apoio às empresas para fazer face ao aumento dos custos da factura de electricidade industrial "pois os aumentos previstos vão causar ainda mais dificuldades às empresas deste sector".


  Redes Sociais   Facebook

2007—2018 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados