RCB/TuneIn
Terça, 17 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PORTUGAL ENTRA COM O P? DIREITO NO EUROPEU
Rádio Cova da Beira
A selec??o nacional venceu a Turquia por 2-0, com golos de Pepe e Raul Meireles, rubricando uma exibi??o muito interessante e personalizada, controlando a partida do primeiro ao ?ltimo minuto.
Por José Joaquim Ribeiro em 07 de Jun de 2008

Os portugueses entraram no jogo com a intenção de resolverem a contenda a favor da cores nacionais. Tiveram mais posse de bola, criaram as melhores jogadas, remataram aos ferros da baliza turca e falharam o golo que muito fizeram por merecer.

 

Na segunda parte a atitude dos jogadores nacionais foi ainda mais intensa e muito colectivista, facto que merece todos os elogios. Foi exactamente numa jogada de recorte técnico muito elevado e com a bola a ser jogada por diferentes jogadores que Pepe conseguiu inaugurar o marcador. O central do Real Madrid saiu da sua área a jogar, fez duas tabelas perfeitas com dois companheiros, um a meio campo e outra junto da área, isolou-se e, perante a saída do guardião contrário atirou para o fundo das redes.

 

Na posição de vantagem os jogadores portugueses controlaram a partida, utilizando a técnica individual de cada um para guardar para a equipa a posse de bola. O Turcos, que nunca desistiram da possibilidade de poderem chegar ao empate, apenas por uma vez tiveram alguma liberdade para criar relativo perigo junto da baliza de Ricardo.

 

Já muito próximo do final da partida, numa transição rapidíssima, Raul Meireles, que havia entrado no jogo para substituir Nuno Gomes, concluiu uma jogada conduzida por Cristiano Ronaldo, trabalhada, junto da área, com grande categoria por João Moutinho, que serviu o médio portista para finalizar com êxito, fazendo, desse modo, o 2-0 para as cores nacionais.

 

Em termos globais a prestação dos jogadores portugueses foi muito boa, com Ricardo a dar a confiança que a equipa necessitava, Bosingwa a revelar-se o lateral direito do momento, com boas incursões pelo seu corredor. Os centrais Pepe e Ricardo Carvalho, estiveram imperiais, com Pepe a revelar-se um óptimo jogador, também nas acções ofensivas. Marcou um golo e viu o árbitro anular-lhe um outro por posição irregular, que estava. Paulo Ferreira, na posição de lateral esquerdo não se aventurou tanto como o seu companheiro do lado oposto, mas esteve muito bem na cobertura das entradas pelo lado direito da equipa turca. No meio campo, Petit  esteve seguríssimo e a dupla Moutinho – Deco, começa a revelar-se pelas suas qualidades técnicas e, fundamentalmente, pela inteligência que colocam no jogo. A linha avançada trabalhou muito, quer Cristiano Ronaldo, que  precisa de soltar a bola com mais rapidez para poder ajudar ainda mais a equipa e Simão a ter um papel importante, também, nas acções defensivas. Nuno Gomes foi aquele que menos deu nas vistas, mas apesar de não ter tido bola, criou espaços para os seus companheiros de retaguarda. Raul Meireles entrou bem no jogo e concretizou o segundo golo da equipa, Nani não teve tempo para brilhar e Fernando Meira nem para aquecer deu a sua entrada.

 

Na próxima 4ª feira, 11 de Junho, a equipa portuguesa defronta a República Checa, pelas 17 horas.

 

 

  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados