RCB/TuneIn
quarta, 28 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
INCÊNDIO CONTINUA INTENSO
Rádio Cova da Beira
As condi√ß√Ķes climat√©ricas continuam a n√£o ser favor√°veis para o combate ao inc√™ndio da Covilh√£ e Manteigas, disse esta quarta-feira, o comandante regional de Lisboa e Vale do Tejo, esta quarta-feira, em confer√™ncia de imprensa, na sede da junta da UF Teixoso e Sarzedo.
Por Paulo Pinheiro em 10 de Aug de 2022

O Comandante Regional de Lisboa e Vale do Tejo, da ANEPC, refere que o triângulo Sameiro, Vale de Amoreira e Manteigas é, nesta altura, a situação de maior pressão admitindo que as chamas possam passar para outro concelho

 

“ De todo o incêndio, o que diz respeito à área da Covilhã não é a nossa grande preocupação. A preocupação é Manteigas e poderá surgir aqui a hipótese de avançar para outros concelhos. Estamos a fazer tudo para evitar isso”, disse.

 

De acordo com aquele responsável, na área onde se decorrem estes incêndios as condições meteorologias, que não são favoráveis, e vão agravar-se até às 19:00h.

 

Estas condições "vão dificultar o trabalho e, numa perspectiva de antecipação, foram aqui colocados meios para responder a alguma projeção e progredir com rapidez [no combate ao fogo]", apontou.

 

Elísio Oliveira destacou ainda que este “é um trabalho muito difícil” e que obriga a uma permanente movimentação dos operacionais no terreno para “evitar o avanço”.

 

A esta hora (16:00h), de acordo com a ANEPC, encontram-se 1129 operacionais, apoiados por 353 veículos e quatro meios aéreos.

 

É o quinto da de combate a um incêndio que começou às 03:18h da madrugada de sábado, 6 de agosto, em Vila do Carvalho.

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados