RCB/TuneIn
Quinta, 11 Ago 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
MAIS DE DOIS MIL PAST√ČIS DE MOLHO VENDIDOS NO FESTIVAL
Rádio Cova da Beira
Organizado pela Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho da Covilhã, o Jardim das Artes, na Covilhã, recebeu, durante dois dias (1 e 2 de julho), o I Festival do Pastel de Molho. Esta iguaria certificada e centenária, foi degustada em vários restaurantes, divulgada pelos alunos do pré-escolar, e comercializada. Foram vendidos mais de dois mil pastéis de molho.
Por Miguel Malaca em 05 de Jul de 2022

A seco, com chá de açafrão e/ou com chá preto, o evento foi um sucesso.

 

Para o presidente da Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho, Paulo Carvalho, a iniciativa "excedeu de facto as nossas expectativas. Não esperamos tamanha adesão das pessoas, e logo longe da zona histórica da cidade. Penso que o balanço é deveras positivo, o pastel de molho, tal como a cherovia, está certificado pela nossa confraria, nomeadamente, com molho de açafrão e molho de chá preto. O evento passou por diversos restaurantes da cidade, as pessoas gostaram, tal como as crianças do pré-escolar, que aprenderam a degustar esta magnifica iguaria gastronómica. Julgo que a mensagem passou para toda a gente. Há que ter orgulho, em ter uma iguaria única na cidade. Foi uma grande surpresa para nós esta procura, e portanto, valeu a pena. Esperamos que em 2023, possamos ter mais barraquinhas, para organizar uma segunda edição". Refere à RCB.

 

Para além do Pastel de Molho, o presidente da confraria, pretende ainda este ano, talvez em setembro, organizar um evento, ligado à cherovia (produto local também já certificado), mas que nada terá a ver com o festival realizado pela Banda da Covilhã, até porque, diz Paulo Carvalho…

 

" A Confraria, ao contrário do que as pessoas pensam, nunca teve ligada ao festival da cherovia, nunca teve promiscuidade, pode escrever se entender, sem problema nenhum, com a Banda, nunca teve, nem terá com esta, connosco nunca terá de certeza absoluta. Aquilo que pensamos fazer, terá novidades, até porque a Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho, á semelhança do que fez com o Pastel de Molho da Covilhã, tem a certificação da Cherovia. A cherovia da Covilhã tem marca registada. Estamos agora pensar realizar, lá para setembro, um evento, que não festival, também para promover a marca da cherovia da Covilhã, quer queiram, quer não queiram, quer ponham foguetes, quer não ponham foguetes, a marca da cherovia da Covilhã, é da Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho da Covilhã". 

 

A primeira edição do Festival do Pastel de Molho contou com três espaços de venda.

 

Sofia Gouveia do espaço “A Pasteleira” (apresentou três variedades – vaca, vegetal e frango), tem como hobby, a confeção desta iguaria e refere à RCB, que "é importante que se realizem este tipo de iniciativas para divulgar e valorizar um produto bom, único e muito saboroso".

 

Para o gerente da Padaria Dias, este festival superou as expectativas.

 

Fernando Pereira acrescenta que "uma vez na vida, gostaria que todas as pessoas provassem esta iguaria ímpar na gastronomia local e nacional".

 

O II Festival do Pastel de Molho, da Confraria da Cherovia e do Pastel de Molho da Covilhã, deverá realizar-se no próximo ano, no mesmo local, e também em julho.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados