RCB/TuneIn
Quinta, 11 Ago 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ENTREGA DA TESE DE DOUTORAMENTO: UBI É A MAIS CARA DO PAÍS
Rádio Cova da Beira
Nas universidades portuguesas existe uma arbitrariedade no valor da chamada "taxa de admissão a provas de doutoramento", que é paga pelos alunos, além das propinas. Na Universidade da Beira Interior (UBI) é onde se paga mais para entregar uma tese de doutoramento, 725 euros.
Por Paulo Pinheiro em 04 de Jul de 2022

A notícia é avançada pelo jornal Público, na edição desta segunda-feira, onde apresenta uma lista das universidades portuguesas e o respetivo valor para a entrega da tese de doutoramento. Os preços variam de instituição para instituição e se na Universidade dos Açores e de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) não exigem qualquer valor adicional, na Universidade da Beira Interior é onde se verifica o valor mais alto a cobrar, ocupando o primeiro lugar da lista.

Na mesma publicação, as instituições de ensino superior justificam a cobrança pelo facto desta “taxa de admissão a provas de doutoramento” ser um suplemento às propinas, servindo para “suportar custos administrativos”.

Neste caso, a UBI alega que o preço que cobra por doutoramento é inferior aos praticados noutras instituições, como por exemplo em Coimbra ou nos Açores, onde as propinas podem chegar aos três mil euros e na Beira Interior variam entre os 1600 e os dois mil.

Na Universidade de Coimbra, o valor para a entrega de tese de doutoramento é de 50 euros.

Na notícia do Público ficou ainda por justificar o porquê de os alunos pagarem as “despesas administrativas” quando já pagam as propinas. Em declarações ao jornal, a Associação de Bolseiros de Investigação Científica afirma que já é hábito levar esta questão às reitorias, mas sem respostas. A presidente da associação, fala de ausência de regulamentação, e considera as questões administrativas uma falsa questão.

 

 


De: Lara Cardoso 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados