RCB/TuneIn
Terça, 02 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SP. COVILH? PERDE NA P?VOA
Foi um aut?ntico desastre aquilo que aconteceu ao Sporting da Covilh?, na segunda parte da partida que realizou este domingo na P?voa de Varzim. A equipa desconcentrou-se e acabou goleada quando nada o fazia prever.
Por José Joaquim Ribeiro em 19 de Dec de 2010
Foi um autêntico desastre aquilo que aconteceu ao Sporting da Covilhã, na segunda parte da partida que realizou este domingo na Póvoa de Varzim. A equipa desconcentrou-se e acabou goleada quando nada o fazia prever.

Os serranos entraram fortes no jogo o que lhes permitiu chegarem à vantagem no marcador, mas em cinco minutos deitaram tudo a perder ao consentirem dois golos que viraram o resultado.

Aos 2 minutos Wagnão colocou os covilhanenses na frente do marcador. Na sequência de um pontapé de canto Abdoulaye rematou sem sucesso a bola sobra para Wagnão que não enjeitou a oferta. Três minutos depois chega o empate, por intermédio de André Carvalho, num grande pontapé de meia distância e cinco minutos depois a reviravolta no marcador, por Rafael, num golpe de cabeça a fazer passar a bola sobre os defensores, depois de Igor ter ficado batido no lance.

O jogo estava vivo e bem animado, com as duas equipas muito concentradas naquilo que tinham que fazer. O Sporting, apesar de ter deixado que o Varzim desse a volta ao marcador nunca desistiu de procurar melhor sorte, essa sorte aconteceu aos 28’ num lance finalizado por Rincom, a passe de Fofana. Foi com este resultado que as equipas recolheram para o descanso.

Na segunda parte um pouco contra a tendência que o jogo estava a ter o Varzim coloca-se de novo em vantagem, por intermédio de Gonçalo. A defensiva serrana deu muito espaço aos atacantes poveiros, permitindo um primeiro remate a Salvador, que Igor defendeu com categoria, só que já não teve capacidade para suster a recarga vitoriosa de Gonçalo.

A partir deste golo a equipa desequilibrou-se, até porque dois minutos depois de ter sofrido o terceiro golo, ficou reduzida a dez, por exclusão de Moía, que viu o segundo cartão amarelo e pior que isso, desconcentrou-se, permitindo que o Varzim marcasse por mais duas vezes. Aos 70 de grande penalidade, num lance que deixou dúvidas, por intermédio de Rafael, a castigar uma falta que Milton terá cometido e aos 85’, para fechar a conta com goleada, com um golo de Rui André.

Foi um resultado que está muito longe de corresponder à qualidade que as duas equipas impuseram no jogo, só que a sorte, em determinados lances, pode originar este tipo de desfecho.
Os serranos caíram para a 11ª posição, com 14 pontos mas estão apenas a quatro do actual líder Feirense. Neste campeonato, numa jornada tudo pode mudar, para melhor ou para pior, mas as distâncias nunca são significativas. O próximo jogo realiza-se no dia 29, uma 4ª feira e os serranos vão defrontar na Covilhã, para a Liga Orangina, a Oliveirense.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados