RCB/TuneIn
Segunda, 01 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
LIGA COVIFIL ? 14? JORNADA
O destaque desta jornada vai para a derrota caseira do Alcains ante o Pedr?g?o de S. Pedro, por 2-3. Nas restantes partidas os clubes que seguem na dianteira da classifica??o venceram as suas partidas e, por esse motivo pouca coisa se alterou na tabela geral.
Por José Joaquim Ribeiro em 19 de Dec de 2010
No Trigueiros de Aragão o jogo teve um pouco de tudo: cinco golos, uma expulsão, muitos protestos, um convite para que um dos técnicos abandonasse o seu posto e, eventualmente, um lance mal ajuizado pelo árbitro do encontro. A primeira equipa a marcar foi o Pedrógão, aos 13’, por intermédio de David Marques, o Alcains respondeu e Hélder Rodrigues restabeleceu o empate, aos 37’. Próximo do intervalo, num lance dividido entre o guardião do Alcains, André Raposo e Ludvico, este foi carregado e o Alcains ficou reduzido a 10, por expulsão do seu guardião. Até ao intervalo nada se alterou. Na segunda parte, com o Pedrógão a jogar com mais uma unidade, foi o Alcains que chegou à vantagem no marcador, através de um bom golo do jovem Séninho. Estavam decorridos 73’. Nos últimos cinco minutos os comandados de Xana, que já não estava no seu posto, por ter sido convidado a abandona-lo, devido a protestos num lance em que poderá ter havido mau juízo do arbitro Ricardo Fontes, chegou à igualdade, por João Sousa e sobre os 90 minutos acabaria por virar o resultado a seu favor, conquistando três preciosos pontos, num terreno extremamente difícil para qualquer equipa que ali tenha que jogar.

O Vitória de Sernache somou os três pontos na deslocação a Vila Velha de Ródão, mas não foi uma tarefa fácil aquela que os comandados de António Joaquim tiveram que ultrapassar. A vitória foi alcançada através de um único golo apontado aos 70 minutos, por intermédio de David Vieira.

Em Proença a Atalaia do Campo não sentiu as dificuldades que seriam previsíveis. Os comandados de Trindade aplicaram-se bem e tiveram possibilidades de jogar 65 minutos contra um adversário reduzido a dez unidades. Carlitos abriu o activo, aos 20’, aos 35 Tomas, foi expulso por entrada violenta sobre um adversário. Na segunda parte o 0-2 foi da autoria de Hugo Brito, depois de um bom trabalho de Ricardo Morais, quatro minutos volvidos foi Ucha, acabado de entrar no encontro a elevar a marca para 0-3. O Proença ainda reduziu, por Acácio, aos 78, mas Gonçalo, aos 85 fixaria o resultado em 1-4, para a equipa do concelho do Fundão.

No municipal de Oleiros a equipa da cada dividiu os pontos com o Teixoso. A equipa do concelho da Covilhã foi a primeira a marcar, aos 31, por Ângelo, num lance de contra-ataque mas aos 40’ Pira, de livre, estabeleceu o empate, já na segunda parte foram marcados mais dois golos, um para cada equipa, terminando o encontro com um empate a dois.

Também empatado terminou o jogo que se realizou em Vila de Rei. O confronto entre o Vilarregense e Escalos não teve golos, não se sabe bem se por melhor postura dos defesas se por inércia dos atacantes.

Em termos de classificação geral desta Liga Covifil, a ADEP de Penamacor passou a desfrutar de 3 pontos de vantagem sobre a Atalaia do campo, que segue na segunda posição e já a uma distância significativa, estão o V. Sernache, em 3º. com 23, Alcains 22, Pedrógão 20 e Proença 17, para nos referirmos apenas aos clubes que estão em condições de seguir para a segunda fase.
A próxima jornada vai realizar-se no primeiro domingo do novo ano 2011.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados