RCB/TuneIn
Terça, 19 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ALFAIATES EM VIAS DE EXTINÇÃO
Belmonte acolhe este domingo o 19º encontro nacional de mestres alfaiates. Uma iniciativa que conta com a participação de seis dezenas dos cerca de 2 mil profissionais espalhados pelo país.
Por César Duarte Ferreira & Paula Charro em 23 de May de 2008
O encontro nacional de alfaiates realiza-se anualmente no ultimo Domingo de Maio, dia do padroeiro “o santo Homem com de Itália.” Uma tradição que foi traduzida daquele país, e que visa reflectir sobre este sector que está em vias de extinção. De acordo com os alfaiates, o mercado está a ditar a morte destes mestres que nunca tiveram direito a escolas para ensinar a arte, nem estatuto como artesão, por isso Carlos Godinho, organizador deste encontro, admite que seria muito bom obter ajuda por parte do estado para que a profissão não acabasse: “ o estado tem que olhar para esta arte e dar uma ajuda. Nós nunca tivemos uma escola de alfaiates, no nosso país e já não há ninguém que queira aprender esta arte.” Todos os anos os mestres alfaiates reúnem para trocar experiências e analisar o sector que está, segundo Carlos Godinho, em total decadência: “o objectivo é os alfaiates encontrarem-se e discutirem. Agora somos cada vez menos, porque muitos não têm hipóteses de vir, o que é uma pena.” Para Carlos Godinho a continuar assim os mestres alfaiates estarão extintos dentro de duas décadas. A concentração dos participantes está marcada para as 9 horas, segue-se uma visita aos museus e castelo de Belmonte e um almoço convívio.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados