RCB/TuneIn
Domingo, 05 Dez 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
ORQUESTRA EM CONCERTO
A orquestra sinf?nica da escola superior de artes aplicadas (ESART) do instituto polit?cnico de Castelo Branco(IPCB), sob a direc??o do maestro Maur?zio, realiza um concerto esta noite, pelas 21:00H, no cine teatro Avenida, em Castelo Branco.
Por Paulo Pinheiro em 26 de Nov de 2010

Orquestra Sinfónica da ESART

A Orquestra Sinfónica da ESART é hoje um projecto bem alicerçado no contexto do Curso Superior de Música, merecendo o apreço e o reconhecimento da cidade de Castelo Branco e da região. Nasceu como Orquestra de Câmara e foi apresentada ao público a 4 de Dezembro de 2001, no Cine-Teatro Avenida de Castelo Branco, sob a direcção do Professor José Filomeno Raimundo.
Conscientes de que a existência de uma orquestra profissional no interior do país significaria, no actual contexto, um esforço financeiro significativo (tomando como referência as orquestras regionais existentes), a ESART entende que as orquestras escolares e de jovens poderão constituir a oportunidade mais interessante e realista ao nível da formação dos jovens músicos e do público em geral.
A criação de uma rede de orquestras pedagógicas por todo o país permitiria, à partida, uma maior e melhor integração junto da comunidade, garantindo uma oferta regular e com custos incomparavelmente inferiores.
É nestas circunstâncias que a orquestra da ESART tem seguido um percurso próprio, potenciando por um lado a formação dos alunos e por outro lado assegurando às populações em que os consumos culturais são praticamente inexistentes uma oferta musical mais efectiva.
Com uma história de vida ainda curta, a Orquestra da ESART realizou até Dezembro de 2006, 48 concertos por diversos concelhos da região e do país, designadamente em Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Penamacor, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Portalegre, Elvas, Coimbra, Ourém, Paços de Brandão, Viana do Castelo.
Em Julho de 2002, encerrou o XXIV festival de Póvoa de Varzim; em Abril de 2003, na Covilhã, participou no Concurso Internacional de Arcos Júlio Cardona, e fez o concerto de abertura do Festival Internacional de Música de Santa Maria da Feira. Em Junho do mesmo ano, em castelo Branco, encerrou o Festival Internacional “Primavera Musical”, com a obra de Eurico Carrapatoso “O Lobo Diogo e o Mosquito Valentim”. Em Outubro, a mesma obra foi apresentada no São Luiz, Teatro Municipal de Lisboa.
No âmbito do convite feito pela Fundação Cultural de Curitiba (Brasil) em 2002, a Orquestra Sinfónica da ESART participou no XXI Oficina de Música de Curitiba, durante o período de 5 a 19 de Janeiro de 2003, encerrando este evento com a interpretação da “Sagração da Primavera” de Igor Stravinsky sob a direcção de Osvaldo Ferreira. Este festival foi o primeiro evento oficial da Capital Americana da Cultura.
Nos dias 31 de Março e 1 de Abril de 2004, em Castelo Branco e no Convento de S. Francisco, em Coimbra, apresentou a “4ª Sinfonia” de Mahler, sendo solista a Soprano Teresa Menezes. Encerrou em 6 de Junho, com a mesma obra, o Festival de Música de Leiria.
A colaboração de solistas com a orquestra como: António Rosado (Piano), Daniel Rowland (Violino), Alex Klein (Oboé), Teresa Menezes (Canto), Carolino Carreira (Fagote), etc., é também o reconhecimento da importância do papel da orquestra no contexto da formação dos alunos e da dinamização cultural da região.
Entre 2002 e 2005 teve como maestro titular o maestro Osvaldo Ferreira, tendo também contado com a colaboração, durante este período, de maestros convidados como Gerard Doherty e Alex Klein.
Actualmente recorre apenas à colaboração pontual de diferentes maestros, representando esta opção uma oportunidade de trabalho com diferentes sensibilidades e experiências.
Assim têm vindo a colaborar com a ESART os maestros Omri Hadari, Xavier Gagnepain, Cesário Costa, Rui Massena

Fonte: Orquestra da ESART.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados