RCB/TuneIn
Terça, 18 Jan 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SINISTRALIDADE DIMINUI NA BEIRA INTERIOR
Rádio Cova da Beira
Entre janeiro e setembro de 2021, a sinistralidade aumentou em Portugal, exceto nos distritos Castelo Branco e Guarda e Viseu.
Por Paulo Pinheiro em 02 de Dec de 2021

Nos primeiros nove meses de 2021, no distrito de Castelo Branco registaram-se 326 acidentes, menos 5% que em 2020; cinco vítimas mortais, menos de metade do ano passado e 47 feridos graves, uma redução de 28,8%.

 

No distrito da Guarda, no mesmo período, foram contabilizados 260 acidentes de viação, menos 2,6% face ao mesmo período de 2020; cinco vítimas mortais, menos 37,5% e 28 feridos graves, menos 12,5% relativamente ao ano passado.

 

No país já se verificaram 291 mortes na estrada, entre janeiro e setembro, a maioria vítima de colisão, seguindo-se o despiste e depois por atropelamento.

Entre janeiro e setembro deste ano, ocorreram 20 mil 475 acidentes de viação que provocaram vítimas, de acordo com o último relatório de sinistralidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Destas ocorrências, 2096 envolveram bicicletas, o que representa uma percentagem de apenas 6,3 do número total. Ainda assim, a ANSR salienta o aumento dos velocípedes como veículos intervenientes em acidentes em 19,7%, face ao período homólogo de 2020.

Até setembro deste ano, Portugal registou 17 utilizadores de bicicletas que morreram em acidentes de viação, um aumento de dez mortes face ao mesmo período do ano passado. Dos cerca de 20 mil acidentes com vítimas, quase três mil envolvem velocípedes.

 

Nos últimos nove meses, verificou-se que 7,9% das vítimas em sinistralidade, se encontravam em velocípedes. Para além das 17 vítimas mortais, resultaram 101 feridos graves e 1 913 feridos ligeiros em bicicleta. Face ao mesmo período do ano passado, há mais dez mortes e feridos graves e mais 294 feridos ligeiros, um aumento de vítimas em 18,3%.

 

 

 

c/ Lara Cardoso 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados