RCB/TuneIn
sábado, 01 out 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
COVILHÃ: CCD ORIENTAL APROVA PLANO E ORÇAMENTO 2022
Rádio Cova da Beira
Vinte sócios aprovaram por unanimidade na passada sexta-feira em assembleia geral, plano e orçamento para 2022. Com uma verba de €44 mil, a direcção pretende retomar algumas iniciativas interrompidas no ano passado devido à pandemia, com destaque para a reposição do Musical, e realização do evento "Fado na Cidade" na zona histórica, para além de regressar com o Ténis de Mesa, Xadrez e Damas.
Por Miguel Malaca em 22 de Nov de 2021

No que diz respeito ao desporto, o clube liderado por Francisco Mota, mantém a parceria com a AAUBI, no Andebol (sénior masculino-III Divisão Nacional, e de formação, onde cerca de 100 crianças praticam a modalidade), e a secção de Boxe.

Quanto ao Ténis de Mesa, também existe a possibilidade, a curto prazo, assinar uma parceria coma AAUBI, mas os treinos, já se realizam na sala desportiva da colectividade.

Entretanto, regressam no próximo mês, à sede do CCD Oriental S. Martinho, após 10 anos de interregno, os Torneios de Natal em Xadrez (34º) e Damas (17º). 

As inscrições já se encontram abertas (torneiosdexadrez@sapo.pt / orientalsaomartinho@gmail.com).

Os torneios estão agendados para 04 de dezembro(sábado), na sede do clube, a partir das 14h30.

Falando das actividades de âmbito cultural e recreativo, o CCD Oriental SM pretende realizar ainda o Jantar de Reis, Feira do Livro e do Disco, e claro, tentar vender um imóvel devoluto (pertence ao clube), que se situa junto à actual sede social (há interessados em comprar"), diz Francisco Mota, à RCB, tal como, continuar o processo de legalização da sede, na qual se inclui, o licenciamento do património, que por motivo desse mesmo imóvel, "implica uma reavaliação das áreas dos edifícios, pois nas Finanças, passou a haver mais áreas do que aquelas que estavam registadas na conservatória predial, e agora é necessário pagar até final deste ano de 2021, mais imposto do IMI, na ordem dos €5.500. Podemos pagar esta dívida ao Estado de várias formas, uma delas, poderá ser feito um empréstimo bancário. Não se trata de nenhuma dívida do Oriental, mas, tem de ser paga, por motivo da reconfiguração da área da sede, que mudou, e para que todo o património fique devidamente registado e inventariado". Refere Francisco Mota à Rádio Cova da Beira.

A partir de 2022, o clube fica isento de IMI.

Outro tema que foi ainda abordado na reunião magna de sócios, esteve relacionado com a forma de votar em próximas assembleias gerais, nomeadamente, aquando das eleições, tal como vai acontecer em fevereiro/março do próximo ano.

A partir de agora, os associados passam a exercer o seu direito, por voto secreto, independemente, de haver uma, ou várias listas.

Para o biénio 2022-24, Francisco Mota, garante à RCB que vai recandidatar-se ao seu último mandato.

"É preciso mudar, é preciso haver gente nova e com outras ideias no clube, para poder haver também outras dinâmicas de trabalho. Vou recandidatar-me, estou ainda a ponderar, mas vou faze-lo, com o apoio da minha direcção, mas será certamente o último", disse à RCB, o presidente.

O CCD Oriental de S. Martinho da Covilhã, recorde-se, festejou 67 anos, no passado dia 29 de julho. 

 

 

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados