RCB/TuneIn
Segunda, 29 Nov 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SP. COVILHÃ: "TODOS OS TREINADORES VIVEM DE VITÓRIAS"
Rádio Cova da Beira
É desta forma que Wender Said, responde sobre o seu futuro como técnico dos covilhanenses, após o desaire da equipa na Taça de Portugal ao ser eliminada este domingo por penaltis em Serpa, frente a um adversário do CdP. Recorde-se que os leões da serra não vencem desde do passado dia 25 de setembro (2-0 ao Idanhense a contar também para a prova "rainha").
Por Miguel Malaca em 18 de Oct de 2021

"Todos os treinadores vivem de vitórias, e eu não fujo à regra. É verdade que não temos ganho os nossos últimos jogos, mas a equipa tem sido muito profissional, temos praticado futebol suficiente para ganhar, pois criamos muitas oportunidades de golo, só que, parece que a bola não quer entrar. Estamos a falhar muito também na finalização. apesar de tudo isso, estou muito feliz com o trabalho realizado até aqui por todos nós, equipa técnica e jogadores, mas vamos ter que alterar este estado de coisas, queremos voltar às vitórias, o clube e a sua direcção, não têm faltado com nada para com o grupo de trabalho, e merece, tal como os adeptos, ter mais alegrias. Temos de continuar a trabalhar, e tentar regressar às vitórias já no próximo domingo". Refere Wender Said à RCB.

 

Quanto ao jogo de ontem no Baixo Alentejo, ao perder por 7-6, na transformação da marcação de grandes penalidades, após o nulo nos 120 minutos de jogo, o Sporting da Covilhã da Liga Portugal 2, foi afastado na 3ª eliminatória da Taça de Portugal 2021-22, frente ao Futebol Clube de Serpa do Campeonato de Portugal.

 

Os serranos que foram sempre superiores ao seu adversário, criaram inúmeras oportunidades de golo, viram a bola bater por 6 vezes nos ferros da baliza de Rui Pereira, guardião alentejano que também realizou uma extraordinária exibição, tendo sido o herói da sua equipa.

 

Wender Said, desiludido com o desfecho da partida, refere que "aconteceu futebol, muita injustiça, infelicidade, e desperdício na finalização, para além de termos defrontado um adversário que defendeu muito, e teve um guarda-redes muito inspirado, e que tudo fez, anti-jogo inclusive, para levar o jogo para penaltis, e foi feliz. Não era este resultado que queríamos, que desejávamos, mas aconteceu futebol. Tudo fizemos, mesmo com 10 em campo, para ganhar o encontro. Tivemos mais de 20 oportunidades de golo, e tivemos muitos remates (6) aos ferros da baliza do Serpa. A bola não quis entrar. Estamos muito tristes com o resultado, pois falhamos um objectivo de época, que era chegar o mais longe possível na competição. Um abraço de agradecimento para todos os adeptos do clube, principalmente para aqueles que viajaram até Serpa para apoiar a nossa equipa, e vão também muito tristes com esta derrota. Espero que continuem a apoiar a equipa no futuro. Os jogadores precisam deles". Conclui o treinador do Sp. Covilhã.

 

No próximo fim de semana regressa a Liga Portugal 2.

 

A contar para a jornada 9, os serranos deslocam-se a Trofa.

 

O Trofense - Sp. Covilhã realiza-se domingo às 19h30, com relato na RCB.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados