RCB/TuneIn
Domingo, 05 Dez 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
INVASÕES FRANCESAS NA CAPINHA
Rádio Cova da Beira
A segunda edição da "Rota das Invasões Francesas", promovida pelos Caminheiros da Gardunha, realizou-se no domingo, 17 de outubro, com uma caminhada entre a Capinha e a sua barragem, evocando o trânsito das tropas de Napoleão, na sua passagem por aquela aldeia e recordando alguns episódios que ficaram marcados para a história.
Por Paulo Pinheiro em 18 de Oct de 2021

Os oito quilómetros de passeio, deram a conhecer aos participantes a figura do Marechal José Pereira Pinto Figueiredo Castelo-Branco, natural da Capinha, bem como o episódio sucedido no carvalho da honra: uma árvore centenária onde, de acordo com os populares, terão sido enforcados soldados franceses.

 

No culminar das atividades, a "Rota Das Invasões Francesas" teve a intervenção do Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida que, para além de ter proporcionado uma parada militar, dinamizou diversas oficinas pedagógicas para dar a conhecer técnicas e táticas dos exércitos daquela época, mas também pormenores da vida dos comuns civis. 

 

A iniciativa, que teve início em 2019, tem como objetivo recuperar e materializar a memória das invasões francesas e a marca que deixaram nas comunidades da região e por isso, percorrem os locais aos quais estão vinculados episódios da passagem dos soldados de Napoleão.

 

A Rota Das Invasões Francesas já levou à instalação de um painel interpretativo da paisagem na Serra da Maúnça e outra evocativa dos combates ocorridos, junto à aldeia da Enxabarda. Este ano a atividade, ainda que numa escala mais reduzida, contou com o apoio do Município do Fundão, Junta de Freguesia da Capinha e Associação de Caça e Pesca da Capinha, tendo como convidados Diamantino Gonçalves e o Grupo de Reconstituição Histórica de Almeida.

 

c/ Lara Cardoso 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados