RCB/TuneIn
Domingo, 05 Dez 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CONHECIDOS OS VENCEDORES DO 27º CINEECO
Rádio Cova da Beira
O maior festival de cinema ambiental do país e um dos mais reconhecidos e antigos do mundo inteiro chegou ao fim em mais uma edição. A decorrer em Seia, foram hoje entregues os prémios de todas as categorias e respetivas menções honrosas. Aluna da UBI conseguiu uma menção honrosa e jovem de Seia venceu o prémio Panorama Regional.
Por Paulo Pinheiro em 16 de Oct de 2021

O Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela CinEco escolheu então os vencedores da sua 27ª edição este sábado. Segue agora em itinerância por diversas associações, teatros, universidades e auditórios do país. A próxima edição regressa entre 8 e 15 de outubro de 2022. 

 

 Na categoria "Grande Prémio Ambiente - CM Seia", de longas-metragens, o vencedor foi "Douce France", de Geoffrey Couanon, uma reflexão sobre os nossos modelos de consumo, a produção agrícola e as escolhas em comunidade.

 

O Prémio Antropologia Ambiental ficou para "Arica, de Lars Edman e William Kalén sobre uma empresa sueca que exportou lixo tóxico para o Chile. Já nas curtas-metragens, na competição internacional venceu "Flight to Earth" de Ignacio Rodó.

 

No prémio "Educação Ambiental", venceu o filme de animação "#fishingtheplastic" de Marina Lobo, que repete uma vitória que já havia conseguido na 25ª edição. Em Séries e Reportagens Televisivas venceu "Vert de Rage, du charbon dans les poumons (Green Warriors: Coal in the Lugs)” de Martin Boudot.

 

 Já nas competições de língua portuguesa, o de longa-metragem ficou para "Sobre Sonhos e Liberdade" de Márcia Paraíso e Francisco Colombo, sobre a abolição da escravatura do Brasil, e o prémio de curta-metragem ficou para Bruno Lourenço, com "Oso", sobre o possível regresso do urso-pardo ao norte do país. 

 

Destaque ainda para o jovem de Seia, Gabriel Ambrósio, que venceu a categoria "Panorama Regional" com a curta-metragem "Um Quadro de História" e para Mariana Silveira, aluna da UBI que venceu uma menção honrosa nesta categoria por parte do Júri da Juventude que atribuiu os seus próprios prémios: Prémio Juventude Longa-Metragem para “Ophir” de Alexandre Berman e Olivier Pollet; Menções Honrosas foram para “Douce France” de Geoffrey Couanon; “Arica” de Lars Edman e William Johansson Kalén.

 

Prémio Juventude Curta-Metragem atribuído a “Flight To Earth” de Ignacio Rodó com as Menções Honrosas para “Acorns” de Bradley Furnish; Prémio Juventude Séries e Reportagens Televisivas para “O lado negro do azeite” de  Sandra Cóias e Pedro Rego com a Menção Honrosa a seguir para “Plástico, o novo continente (episódio 1)” de Catarina Canelas; o Prémio Juventude Longa-Metragem em Língua Portuguesa para “A nossa terra, o nosso altar” de André Guiomar e Prémio para Curtas-Metragens “Para cá do Marão”, José Mazeda, com as Menções Honrosas  para Curtas-Metragens em Língua Portuguesa atribuídas a “O que não se vê” de Paulo Abreu e “Alma” de Mónica Santos; para o Prémio Juventude Panorama Regional, o júri da juventude escolheu premiar “Um Quadro de História” de Gabriel Ambrósio. 

No total, foram transmitidos nestes dias 93 filmes, de mais de 20 países nestes dias, para além de várias outras atividades em destaque, nomeadamente as EcoTalks.

 

De: Fernando T. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados