RCB/TuneIn
Terça, 19 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
HOMENAGEM ÀS VÍTIMAS DA PANDEMIA
Rádio Cova da Beira
Realizar uma jornada cívica de “Memória, Luto e Afirmação da Esperança” é o desafio que um grupo de cem pessoas lança à sociedade portuguesa, nos dias 22, 23 e 24 de outubro de 2021.
Por Paulo Pinheiro em 12 de Oct de 2021

Outras da categoria:

 

 O rasto da pandemia da Covid-19 que assolou o mundo em 2020-2021 deixa um rasto de desolação “uma tragédia que de proporções avassaladoras”, refere a comissão promotora de uma ação cívica nacional, mas também local, que olhe para a fase pós pandémica e para a realidade que nos rodeia

 

“Não podemos esquecer a experiência traumática que o último ano representou para centenas de milhares de portugueses que viveram e vivem momentos trágicos” lê-se no documento elaborado para apresentação da iniciativa.O que é pedido a todos e a cada um dos portugueses é que promova uma acção que não esqueça as 900 mil pessoas contagiadas em Portugal com Covid-19, e as mais de 18 mil vítimas mortais“Fazer o luto comunitário é imprescindível, Numa pandemia, há uma dimensão colectiva e comunitária do luto que não resulta apenas do somatório dos lutos individuais ou familiares. Há um luto comunitário que precisa de ser feito, porque a tragédia que eclodiu e o trauma que ela originou são sociais e globais”, referem os promotores, que, no entanto, acrescentam que afirmar a esperança é igualmente necessário “esperança no reforço de relações sociais fraternas, justas e portadores de futuro para todos e todos, conscientes do risco que existe de regresso ao velho normal”.

A RCB falou com um dos membros da comissão promotora desta jornada. António Marujo, jornalista, entrevistado no programa RCB “Flagrante Directo”, do passado sábado, começa por explicar como surgiu a ideia.

Oiça aqui: https://bit.ly/3iSzkAu


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados