RCB/TuneIn
Segunda, 09 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
AM?NDIO MELO E STBB DE CANDEIAS ?S AVESSAS
Menos meio milh?o de euros nos cofres da c?mara municipal de Belmonte, no pr?ximo ano. ? o resultado dos cortes nas transfer?ncias do Governo para as autarquias. Presidente da c?mara municipal de Belmonte desvaloriza cr?ticas do sindicato dos t?xteis da Beira Baixa.
Por Paulo Pinheiro em 22 de Oct de 2010

Menos 500 mil euros no orçamenro da autarquia de Belmonte, em 2011.

“É um valor muito significativo. Vamos tentar o gerir o município com base nestas transferências. Não há nada a fazer, mas tenho pena que seja assim”, refere o edil de Belmonte.

Autarquia de Belmonte vai fazer menos do que o previsto no concelho.

Amândio Melo que não tece grandes comentários às críticas feitas pelo sindicato têxtil da Beira Baixa, a propósito da situação da Carveste. Aquela estrutura sindical acusa a gestão de Amândio Melo de nada fazer para apoiar a empresa.

Em comunicado o sindicato fez apreciações muito negativas ao comportamento do autarca na última sessão da assembleia municipal que colocou em causa o papel do sindicato afirmando que “são sempre os mesmos e querem defender os lugares que têm”. Tosco foi o adjectivo escolhido pelo STBB para responder a Amândio Melo.

Questionado pela RCB, o presidente da câmara municipal de Belmonte não se alonga em comentários e afirma que não o ofende quem quer“ Só me ofende quem eu quero. Aquilo que vi não era assinado por ninguém. Cada um tem a sua opinião e acho que devemos respeitar a de cada um. Ninguém é senhor da verdade absoluta. Já estamos habituados à terminologia utilizada, já conhecemos o estilo e não vou dar importância a isso”, diz o autarca.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados