RCB/TuneIn
Quinta, 17 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
SP. COVILH? - S?CIOS APROVARAM CONTAS
Realizou-se ontem a assembleia geral do Sporting da Covilh? para apresenta??o e aprova??o das contas de ger?ncia referentes ? ?poca 2009/2010. Estiveram presentes 85 s?cios que aprovaram as contas por maioria, com 73 votos a favor e 12 absten??es.
Por José Joaquim Ribeiro & Miguel Malaca em 22 de Oct de 2010

Num exercício que teve um aumento de mais de 80 mil euros que no anterior, registaram-se valores de 980.649,00 euros de despesas contrabalançadas com uma receita de 994.317,00 euros que resultou num saldo positivo de 13.668.43 €. Para o presidente da direcção o clube está equilibrado financeiramente e garantiu que o Sporting tem uma automomia financeira de cerca de 67%, o resto tem que se conseguir com muito trabalho.

A nota de maior destaque nesta assembleia, que decorreu com muita elevação, apesar dos muitos pedidos de esclarecimento, e uma troca de palavras mais acalorada entre dois associados, foi a proposta que o sócio Carlos Silva fez à assembleia no sentido de atribuir um voto de louvor à direcção presidida por José Mendes, pela forma como souberam gerir o clube desde 2004. A assembleia respondeu com a aprovação deste voto de louvor, por unanimidade e aclamação. 

Também o presidente da mesa da assembleia geral António Lopes,  deu os parabéns à direcção pelo excelente trabalho desenvolvido,  frisando que os desentendimentos com a direcção nada tiveram a ver com a gestão do clube mas sim com a gestão desportiva. 

Para além das contas foi abordado o assunto relacionado com a devolução dos galardões que António Lopes recebeu, pelo reconhecimento da sua colaboração benemérita para com o clube. O sócio Carlos Mendes questionou António Lopes sobre as razões que o levaram a tomar tal atitude. O presidente da mesa começou por dizer que não reconhece que os dirigentes no activo devam receber este tipo de méritos e em segundo lugar, devolveu-os  pela forma como se sentiu “ Achicalhado “ na última assembleia geral. José Mendes a este propósito disse que os galardões estão na sede do clube à sua ordem e que deverá levanta-los quando assim entender visto serem seus de direito. 

António Lopes só se dispõe a levantar os referidos méritos se numa assembleia geral os sócios decidirem nesse sentido.

Sobre as eleições do próximo dia 29, os dois presidentes, assembleia geral e direcção, deixaram algumas palavras, no sentido de que quem vencer possa receber o apoio daqueles que perderem. António Lopes, em jeito de despedida, disse ter sido um privilégio ter presidido à Assembleia Geral do clube. José Mendes referiu que estava satisfeito por o clube estar a ser disputado por duas listas quando à seis anos atrás não havia ninguém que quisesse assumir a presidencia do Sporting. Aproveitou para pedir desculpa se alguma vez foi indelicado para com os sócios.

Foram definidas as condições para que os sócios possam votar no dia 29. Têm que ter idade superior a 14 anos e ter as quotas de Setembro liquidadas. Podem votar os sócios inscritos até ao dia 29 de Abril do corrente ano. Todos os sócios devem ser portadores do respectivo cartão e cota de referência. 

Recorde-se que as urnas abrem às 10 horas e encerram às 22, na sede do Sporting da Covilhã.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados