RCB/TuneIn
Terça, 26 Out 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ÂNGELO QUERIDO CUMPRE OBJETIVO E VIAJA PARA A TAILÂNDIA
Rádio Cova da Beira
Diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) em maio deste ano, Ângelo Querido (32 anos), natural do Alcaide, conseguiu finalmente cumprir o objetivo de viajar para a Tailândia para poder realizar um tratamento experimental com células-tronco. Para tal, foram muito importantes todos os donativos e iniciativas solidárias realizadas nos últimos meses.
Por Paulo Pinheiro em 18 de Sep de 2021

Ângelo Querido conseguiu esta sexta-feira,17 de setembro, cumprir um dos seus grandes objetivos desde que foi diagnosticado com ELA em maio de 2021. Esta doença rara e sem cura tem um tratamento experimental a decorrer na Tailândia, realizado com células-tronco, que visa permitir a reabilitação dos doentes e atrasar os efeitos progressivos da doença, garantindo mais qualidade de vida, embora não sendo uma cura para a mesma.

Ângelo conseguiu então voar para a Tailândia num voo comercial, não tendo necessidade de fretar um avião ambulância para esse efeito como chegou a ser hipótese, caso não estivesse capaz fisicamente de aguentar uma viagem tão longa em voo comercial. O jovem e a família que tem acompanhado incansavelmente esta fase mais difícil na vida de Ângelo anunciaram o grande momento a todos os que têm contribuído e apoiado, referindo que querem agradecer "do fundo do coração a todos aqueles que demonstraram o seu apoio, carinho, dedicação, esforço, companheirismo e que tornaram esta viagem e este tratamento possíveis".

Um primeiro passo muito importante para que Ângelo Querido possa ao máximo manter a sua qualidade de vida, prometendo agora dar atualizações constantes de como estão a decorrer os tratamentos através do canal de comunicação oficial Juntos pelo Ângelo, no Facebook. É por lá que pode também consultar todas as formas que existem para continuar a ajudar o Ângelo a prosseguir com os tratamentos.

Relembrar que nos últimos meses, a comunidade local (e não só) se uniram para ajudar o jovem a conseguir realizar este tratamento experimental, tendo-se realizado centenas de eventos solidários em várias freguesias de Fundão e Covilhã, assim como várias recolhas solidárias de muitas empresas, pequenos empreendimentos, coletividades, individuais etc. A isso somaram-se os muitos donativos pelas diversas vias disponíveis que permitiram chegar ao tão ambicionado e elevado valor que possibilitou este momento que agora se concretiza. O jovem teve ainda oportunidade de contar a sua história na televisão, o que permitiu ampliar a sua mensagem e o seu pedido de ajuda.

 

 

 

 

notícia de Fernando T. 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados