RCB/TuneIn
Sábado, 13 Ago 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
ASTA COM NOVO ESPECTÁCULO
Rádio Cova da Beira
A Associação Teatro e Outras Artes (ASTA) estreia na próxima semana, 2 de Junho, a sua nova produção "Máquina de Encarnar", com encenação de Marco Ferreira.
Por Paulo Pinheiro em 27 de May de 2021

 

 

 Sinopse

Máquina de Encarnar 

 

Somos todos potenciais espectadores de uma história por contar. Sentados em cadeiras numeradas observamos o que acontece, aos outros. Vivemos sequiosos de uma boa história, de ser surpreendidos, iludidos com tragédias e comédias, com alguém que encarne desejo e sofrimento suficiente para nos prender à cadeira. Estamos dispostos a acreditar que estando sentados, confortáveis a observar, é na verdade o grande privilégio de ser espectador. É o acto teatral em todo seu esplendor!

MÁQUINA DE ENCARNAR é um espetáculo performativo que explora num acto único o paradoxo que é a observação das relações entre os seres humanos, no teatro claro.

Queremos com esta MÁQUINA transformar o acto teatral passivo numa manifestação artística de alerta! Uma luta num espaço fechado, desonesta, onde a vítima já está escolhida.

Assumimos esta proposta artística conscientes de que o teatro tem de desempenhar um papel ativo na luta contra a violência, seja ela qual for. Que deve acrescentar o seu olhar sensível e a sua voz amplificada à catarse desta luta. Pensamos que é possível criar novas formas de ação, de reflexão, alternativas ao discurso patriarcal, através do teatro e da performance. A arte deve encarnar novas possibilidades de representações de género, que sirvam de resistência e empoderamento, que permitam a todas as pessoas construir uma nova história. A sua.

Mas, sobretudo, queremos perguntar quem é este espectador que observa impávido e sereno? Como o podemos arrancar dessa cadeira numerada que o prende ao conforto do acto teatral?

Quatro intérpretes e dois músicos assumem um lado da história. Do outro lado, filas de cadeiras numeradas esperam por espectadores, para um acto teatral que os faça vibrar.

A máquina está montada. Se for um desses espectadores passivos, não deixe esta máquina parar. Os actos mais profundos de ação e resistência começam quando o espetáculo termina. 

 

 

 

O espetáculo estreia no próximo dia 2 de junho no Cine Teatro Curvo Semedo em Montemor-o-Novo e está em cena nos dias 4, 5 e 6 de junho, às 21h, no auditório dos Unidos, no Tortosendo, Covilhã.

A entrada é livre, mediante reserva para o e-mail: reservasasta@gmail.com com indicação do número de bilhetes e contato telefónico.

 

 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados